0

Os sedãs que dão um banho no Corolla e no Civic na China

No maior mercado de carros do mundo, o Volkswagen Lavida e o Nissan Shylphy dão as cartas. E são mais familiares do que parece

9 jan 2020
12h00
atualizado às 20h07
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Volkswagen Lavida: mais de 464 mil vendas na China até novembro.
Volkswagen Lavida: mais de 464 mil vendas na China até novembro.
Foto: VW-SAIC / Divulgação

Os nomes soam estranhos: Volkswagen Lavida e Nissan Shylphy. São eles que lideram o mercado de carros da China. Mas, na verdade, embora não sejam familiares aos ouvidos brasileiros, o Lavida e o Shylphy são muito próximos da nossa realidade. O Lavida está atualmente em sua terceira geração. Recentemenbte a VW lançou o Lavida Plus, que é muito similar ao nosso VW Jetta. Já o Shylphy é a versão chinesa do Nissan Sentra, também conhecidíssimo dos brasileiros. Esqueça o Toyota Corolla e o Honda Civic, dois sedãs imbatíveis no Brasil. Na China a história é diferente. 

Em 2016, o líder do mercado chinês foi o Haval H6, um SUV da Great Wall Motors, que já teve alguns carros vendidos no Brasil. A partir de 2017, porém, o VW Lavida tomou a liderança e encerra o ano na frente (só temos as vendas até novembro, mas a distância para o segundo colocado é grande). Nos primeiros 11 meses do ano, o Lavida vendeu 464 mil unidades, contra 417 mil do Shylphy. É quase o dobro do que vende o líder do mercado no Brasil (Chevrolet Onix, com 241 mil unidades/ano).

Nissan Shylphy: ataque ao líder com a nova geração.
Nissan Shylphy: ataque ao líder com a nova geração.
Foto: Nissan / Divulgação

Apesar da liderança relativamente folgada do VW Lavida, ele passou a sofrer um forte ataque do Nissan Shylphy em sua nova geração. Em novembro, o Shylphy liderou o mercado chinês, com 54.400 emplacamentos, contra 53.012 do Lavida. O modelo da Volkswagen usa a plataforma MQB (a mesma do novo Jetta) e é fabricado em Sanghai numa joint-venture com a SAIC Motors (Shangai Automotive Industry Corporation). A Volks tem outra JV na China, com a FAW, que produz um carro similar ao Lavida, o Sagitur. Aliás, a marca alemã tem quatro carros entre os 10 mais vendidos, sendo um deles o Santana.

Já o Nissan Shylphy antecipa as linhas do novo Sentra para o mercado brasileiro em 2020. Ele é fabricado pela Nissan em Anting, uma cidade da grande Guangzhou. O carro estreou em 2012, quatro anos depois do Lavida, como Nissan Bluebird Sylphy. Ele tem 4,641 m de comprimento, 1,815 m de largura e 1,450 m de altura. Já o VW Lavida mede 4,670 m de comprimento, 1,806 m de largura e 1,474 m de altura. Porém, o Lavida tem o entre-eixos menor: 2,688 m contra 2,712 m do Shylphy. 

A Nissan aposta em mais especificações de câmbio (MT5, MT6, AT6 e CVT) do que de motores (1.6 e 2.0). Já a Volkswagen tem apenas duas configurações de câmbio (MT5 e AT6) e quatro de motores (1.2, 1.4, 1.5 e 1.6). O Lavida também tem versão station wagon na China. Veja abaixo a lista dos 10 carros mais vendidos na China este ano até novembro, segundo a consultoria Focus2Move. 

TOP 10 DA CHINA
P. Carro

Vendas

(até Nov.)

1 VW Lavida 464.176
2 Nissan Shylphy 417.379
3 Haval H6 344.699
4 Toyota Corolla 325.293
5 Wuling Hogguang 321.293
6 VW Bora 303.573
7 VW Sagitar 275.804
8 Buick Excelle GT 253.197
9 VW Santana 229.064
10 Honda Civic 224.937

 

Veja também:

Porsche Taycan, o carro elétrico que é uma obra-prima
Guia do Carro
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade