PUBLICIDADE

Nova paralisação na Toyota vai prejudicar vendas do Corolla

Fábrica da Toyota em Indaiatuba (SP) vai parar de produzir novamente entre os dias 13 e 22 de outubro por determinação global

14 set 2021 16h30
ver comentários
Publicidade
Toyota Corolla.
Toyota Corolla.
Foto: Toyota / Divulgação

Tudo ia bem na Toyota e as exportações batiam recorde. Mas a crise de falta de peças se acirrou e a montadora japonesa determinou um corte global de 40% na produção. Por isso, a fábrica da Toyota em Indaiatuba (SP) vai suspender a produção entre os dias 13 e 22 de outubro. Na prática, os trabalhores entrarão em férias coletivas e só voltarão às atividades em 25 de outubro.

Segundo a empresa, as outras fábricas instaladas no Estado de São Paulo (São Bernardo do Campo, Porto Feliz e Sorocaba) permanecem com suas atividades normais. Assim, o Toyota Corolla sedã será o único modelo prejudicado com a próxima paralisação. A Toyota chegou a modificar o fornevcedor da multimídia do Corolla, mas isso não resolveu o problema.

O Corolla havia tido em agosto seu melhor mês de vendas no ano, com 4.354 unidades, bem mais próximo do Corolla Cross, que é fabricado em Sorocaba. Em setembro, até o dia 13, o Corolla sedã havia registrado 1.226 emplacamentos, contra 1.010 do Corolla Cross. A empresa como um todo está sendo afetada e a área de produção e vendas vêm tentando equilibrar o ritmo de entregas para não prejudicar demais nenhum modelo.

Guia do Carro
Publicidade
Publicidade