PUBLICIDADE

Mini dobra vendas de carros elétricos e cresce 3,3% no mundo

Com mais de 302 mil vendas registradas em 2021, Mini tem boa participação dos modelos eletrificados; no Brasil, marca inglesa cresceu 9%

21 jan 2022 06h00
ver comentários
Publicidade

A Mini fez uma aposta nos veículos eletrificados e os resultados estão vindo a nível global. A montadora inglesa - que pertence ao Grupo BMW alemão - praticamente dobrou a venda de modelos elétricos e híbridos no ano passado. Com isso, emplacou 302.144 unidades em todo o mundo e teve um crescimento global de 3,3%.

Mini híbrido plug-in e Mini elétrico
Mini híbrido plug-in e Mini elétrico
Foto: Mini / Divulgação

Só os carros eletrificados da Mini tiveram um aumento de 64,3% nas vendas com 53.243 veículos - cerca de 18% do total de vendas mundiais em 2021. O vencedor do ano foi o Mini Cooper SE totalmente elétrico. O Mini elétrico conseguiu quase dobrar suas vendas (+98,2%) e se tornou o modelo mais popular em toda a gama de produtos da marca.

Só o Mini Cooper S E (elétrico) atingiu 34.851 vendas em 2021. Além disso, foram vendidas mais 18.392 unidades do Mini Cooper SE Countryman All4 (híbrido plug-in), ou seja, um aumento de 24,2%. "A comunidade Mini está crescendo e se movendo em direção à eletromobilidade a passos largos", disse Bernd Körber, Head da marca Mini.

No Brasil, a participação dos modelos híbrido e elétrico nas vendas da Mini já atinge 40%. Foram  1.418 unidades no total, um crescimento de 9% em relação a 2020. O Mini Cooper SE (elétrico) atingiu 313 vendas; o Mini Cooper SE Countryman All4 (híbrido plug-in) emplacou 262 unidades. Somados, a dupla de eletrificados da Mini totalizou 575 carros, o que representa 40,5% das vendas da marca no Brasil.

Guia do Carro
Publicidade
Publicidade