6 eventos ao vivo

Hyundai HB20 e Ford Ka obtêm zero estrela no Latin NCAP

HB20 e Ka foram testados com dois airbags. Ford promete incluir airbags laterais e controle de estabilidade de série em toda a linha Ka

8 dez 2020
14h55
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Hyundai HB20 pontuou 19% para ocupante adulto, 10% para ocupante infantil, 43% para proteção de pedestres e 14% para assistência à segurança.
Hyundai HB20 pontuou 19% para ocupante adulto, 10% para ocupante infantil, 43% para proteção de pedestres e 14% para assistência à segurança.
Foto: Latin NCAP / Divulgação

A segunda rodada de resultados do Latin NCAP em 2020 foi apresentada nesta terça-feira (8) com dois decepcionantes resultados de zero estrela. Os vexames foram proporcionados pelo novo Hyundai HB20 e pelo Ford Ka. Ambos são produzidos no Brasil. Menos mal que, da parte da Ford, já houve um compromisso de melhorar a segurança do modelo. 

O Hyundai HB20 com dois airbags de série alcançou zero estrela no novo protocolo do Latin NCAP. Hatchback e sedã pontuaram 19% para ocupante adulto, 10% para ocupante infantil, 43% para proteção de pedestres e 14% para assistência à segurança. Com uma proteção de impacto frontal média, o impacto lateral apresentou proteção ruim para o tórax, levando o modelo a zero ponto para este teste. O teste de chicote cervical (whiplash) também mostrou desempenho ruim. Adicionado à ausência de controle eletrônico de estabilidade (ESC) como equipamento padrão, isso explica o resultado do modelo.

Ford Ka pontuou 34% para ocupante adulto, 9% para ocupante infantil, 50% para proteção de pedestres e 7% para assistência à segurança.
Ford Ka pontuou 34% para ocupante adulto, 9% para ocupante infantil, 50% para proteção de pedestres e 7% para assistência à segurança.
Foto: Latin NCAP / Divulgação

O Ford KA com dois airbags de série alcançou zero estrela no novo protocolo do Latin NCAP. Hatchback e sedã obtiveram 34% para ocupante adulto, 9% para ocupante infantil, 50% para proteção de pedestres e 7% para assistência à segurança. Com uma proteção de impacto frontal média, o impacto lateral apresentou proteção torácica fraca, levando o modelo a zero ponto para este teste. Da mesma forma, o teste de chicote cervical (whiplash) também mostrou desempenho ruim e, adicionado à ausência de ESC, como equipamento padrão, explica o resultado do modelo.

Os dois carros foram avaliados quanto ao impacto frontal e lateral, chicote cervical e proteção de pedestres. O impacto de poste lateral não foi executado em nenhum dos modelos, pois eles não oferecem proteção lateral para a cabeça como padrão. 

Assim, segundo o Latin NCAP, o Ka e o HB20 não estão em conformidade com os regulamentos da ONU sobre proteção de pedestres. Além disso, ambos os modelos não possuem folha de resgate disponível de acordo com os requisitos do instituto.

Como consequência deste teste e da evolução dos requisitos dos consumidores, a Ford está trabalhando para fazer melhorias em seus produtos. A Ford está apresentando atualizações para o equipamento de segurança do Ka de série, oferecendo controle de estabilidade e airbags laterais de série em todas as versões. O Latin NCAP avaliou uma versão mais bem equipada do Ka e os resultados confirmam a melhoria na proteção. A classificação por estrelas será atualizada assim que a Ford incorporar esses recursos de segurança essenciais como padrão para toda a região da América Latina e do Caribe .

O Latin NCAP não recomenda a compra de veículos sem ESC, proteção para pedestres, airbags laterais de corpo e de cabeça nem carros zero e uma estrela. Alejandro Furas, secretário geral do Latin NCAP, disse: “Modelos populares como HB20 e Ford Ka são vendidos com zero estrela, enquanto seu concorrente direto, o novo Onix, oferece seis airbags, ESC, proteção para pedestres e SBR nos bancos dianteiros e traseiros de série e cinco estrelas de segurança para ocupantes adultos e crianças. O Latin NCAP incentiva a Ford e a Hyundai a melhorar substancialmente a segurança padrão do Ka e do HB20 para o mesmo nível do novo Onix o mais rápido possível".

 

Veja também:

Mercedes GLB 200, um SUV de 7 lugares com motor 1.3
Guia do Carro
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade