PUBLICIDADE

Corolla Cross já supera Corolla sedã nas vendas da Toyota

Pela primeira vez, SUV médio vende mais do que o tradicional sedã; Corolla Cross brilha também nas exportações e melhora posição da Toyota

23 jun 2021 12h28
ver comentários
Publicidade
Toyota Corolla Cross: sucesso comercial no Brasil e nas exportações.
Toyota Corolla Cross: sucesso comercial no Brasil e nas exportações.
Foto: Toyota / Divulgação

Mudança importante dos produtos da Toyota no Brasil. Pela primeira vez, o Corolla Cross (SUV médio) supera as vendas do Corolla sedã. Segundo a Fenabrave, o Corolla Cross acumula em junho 3.274 vendas contra 2.280 do Corolla sedã. Trata-se de uma mudança importante, pois o Corolla sedã é o carro mais vendido do mundo e também o campeão de vendas da marca japonesa no Brasil.

A mudança de posição era esperada, pois em maio a diferença entre eles foi muito pequena: o Corolla sedã vendeu 3.789 unidades e o Corolla Cross emplacou 3.677. Se mantiver o ritmo de vendas, o SUV pode superar a marca de 4,4 mil vendas em junho. O Corolla Cross já está entrando na casa das 9 mil unidades vendidas. O Corolla sedã, somente este ano, soma 18,6 mil.

Segundo a Toyota, não apenas as vendas, mas também as exportações estão subindo. A empresa divulgou um comunicado revelando que seu ritmo de exportações já está no mesmo nível pré-pandemia:

  • Nos cinco primeiros meses do ano, foram quase 25 mil unidades exportadas, volume 18% maior que o registrado em igual período de 2019;
  • Com todos os modelos produzidos no Brasil sendo exportados para países da região, operação brasileira se consolida como importante base exportadora;
  • Lançado em março deste ano, o Corolla Cross é o primeiro modelo produzido pela Toyota do Brasil a chegar a 22 países da América Latina.

Países da América Latina e Caribe adquiriram, nos primeiros cinco meses deste ano, 24.320 unidades dos modelos Etios, Yaris, Corolla e Corolla Cross produzidos no Brasil. Embora não seja mais vendido no Brasil, o compacto Etios, produzido na planta de Sorocaba (SP), mantém-se forte no interesse dos consumidores da região e alcançou quase 10 mil unidades exportadas. O Corolla sedã, fabricado na planta de Indaiatuba (SP), contabilizou mais de 5 mil carros entregues em território estrangeiro, enquanto o Yaris chegou a mais de 4,5 mil. 

Com mais de 4 mil veículos exportados em apenas três meses, o Corolla Cross teve papel importante na retomada ao expandir a presença da Toyota do Brasil para 22 países da América Latina e Caribe. Com isso, a subsidiária brasileira passou a ser a maior base exportadora de Corolla Cross no mundo. 

“Temos o desafio e o objetivo de reforçar nossas operações na América Latina e tornar Brasil e Argentina bases sólidas de exportação para toda região, além de alcançar outros mercados”, disse Masahiro Inoue, CEO da Toyota para América Latina e Caribe. “Por isso, é tão importante trabalharmos cada vez mais uma agenda de competitividade no país, termos a previsibilidade necessária para fazermos investimentos de longo prazo e, com isso, gerar mais empregos e renda e contribuir para o setor automotivo no Brasil e na Argentina.”

Novo Corolla Cross: chegou o SUV da Toyota:

 

Guia do Carro
Publicidade
Publicidade