1 evento ao vivo

Chery e Huawei vão desenvolver carros inteligentes na China

Parceria entre as empresas Chery e Huawei visa transformar o mercado automotivo na China e globalmente por meio da tecnologia e inovação

14 jan 2021
18h26
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Tiggo 8 já vendeu aproximadamente 300 mil unidades desde que foi lançado globalmente, há dois anos.
Tiggo 8 já vendeu aproximadamente 300 mil unidades desde que foi lançado globalmente, há dois anos.
Foto: Chery / Divulgação

A Chery e a Huawei anunciaram um acordo de cooperação para soluções nas áreas de computação em nuvem, big data e soluções para carros inteligentes, para promover o desenvolvimento empresarial de ambas as partes. A busca constante em tecnologia e inovação levou Chery a atingir, no último mês, a impressionante marca de 9 milhões de unidades vendidas. Desde 1999, quando lançou seu primeiro carro, o Fulwin, a empresa cresceu, se desenvolveu e atingiu mercados globais com seus veículos.

Com a parceria, as empresas vão unir forças para desenvolver as áreas de arquitetura elétrica e eletrônica de carros inteligentes, conexão inteligente, cockpit inteligente, computação a bordo, direção autônoma, energia inteligente e Intelligent Vehicle Cloud Services (IVCS). Em conjunto, a Chery e a Huawei vão explorar ainda os cenários e possibilidades de aplicações inovadoras, desenvolvendo tecnologias de 5G e V2X (veículo para tudo), que permite a comunicação do carro com tudo o que está ao seu redor.

A expectativa é que a cooperação ajude a promover o desenvolvimento da indústria automobilística da China. Atentas às tendências de consumo e mobilidade do futuro, as empresas conduzirão a inovação de forma conjunta, para construir veículos capazes de criar uma experiência de mobilidade mais inteligente para os consumidores.

Executivos da Chery e da Huawei na assinatura do contrato.
Executivos da Chery e da Huawei na assinatura do contrato.
Foto: Chery / Divulgação

A internet móvel e os carros inteligentes mudaram significativamente a história de mais de 100 anos da indústria automobilística mundial. Visando se antecipar a esses movimentos, a Chery está abraçando as mudanças e acelerando a transformação dos seus veículos tradicionais em carros inteligentes e em veículos de novas matrizes energéticas. 

A expectativa é de que esse novo acordo impulsione os negócios da Chery e da Huawei para transformar os veículos de produtos mecânicos em produtos inteligentes e definidos por softwares, ajudando a indústria automobilística da China a dominar tecnologias essenciais para essa mudança, tornando-se referência global.

A assinatura do acordo contou com a presença de: Yin Tongyue, presidente da Chery; Wang Jun, presidente da Unidade de Negócios de Soluções para Carros Inteligentes da Huawei; Gao Xinhua, vice-presidente da Chery; e Chi Linchun, Gerente Geral de Serviços de Marketing e Vendas da Unidade de Negócios de Soluções de Carros Inteligentes da Huawei.

Entre os destaques da Chery em sua ainda curta existência estão modelos conhecidos do público brasileiro, comercializados com a marca Caoa Chery. O Tiggo 8, por exemplo, um símbolo do desenvolvimento tecnológico da empresa, já vendeu aproximadamente 300 mil unidades desde que foi lançado globalmente há dois anos, enquanto o Arrizo 5 foi o único sedã chinês classificado pelo J.D. Power 2020 China Initial Quality Study SM (IQS). Outro grande marco está na criação da marca Exeed, que possui um sistema de P&D avançado e global, por meio da plataforma M3X.

Em 1999 e Chery lançou seu primeiro carro, o Fulwin: empresa cresceu, se desenvolveu e atingiu mercados globais com seus veículos.
Em 1999 e Chery lançou seu primeiro carro, o Fulwin: empresa cresceu, se desenvolveu e atingiu mercados globais com seus veículos.
Foto: Chery / Divulgação

No contexto internacional, a Chery comemorou, em 2020, vinte anos da sua internacionalização. Já são mais de 1,7 milhão de clientes mundo afora, sendo a empresa a principal exportadora de veículos de passageiros da China por 17 anos consecutivos.

Hoje, a Chery possui 6 bases de P&D, 10 fábricas, bem como mais de 1.500 revendedores estrangeiros e redes de serviços em todo o mundo. A capacidade de produção da Chery no exterior é de 200.000 unidades por ano, que abrange mais de 80 países e regiões. No Brasil, a marca Caoa Chery registrou em 2020 mais de 20 mil unidades comercializadas.

Veja também:

Novo Nissan Kicks 2022 dá um salto de qualidade
Guia do Carro
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade