0

Da rejeição a hit mundial: como surgiu a música 'Evidências'

19 jun 2019
19h37
atualizado às 20h00
  • separator
  • comentários

Gravada por Chitãozinho e Xororó, a música Evidências é um marco na história da música brasileira popular. Trata-se de uma canção que quebrou barreiras culturais, venceu preconceitos musicais e até inspirou criação de cerveja.

A dupla sertaneja Chitãozinho e Xororó posa ao lado do disco de diamante conquistado pela venda de 1,5 milhão do disco "Meu Disfarce", de 1987, no escritório da dupla, em São Paulo
A dupla sertaneja Chitãozinho e Xororó posa ao lado do disco de diamante conquistado pela venda de 1,5 milhão do disco "Meu Disfarce", de 1987, no escritório da dupla, em São Paulo
Foto: SILVIO RICARDO RIBEIRO / Estadão Conteúdo

2019 é o ano do 30º aniversário dessa canção tão emblemática. Por isso, ela é o destaque do texto de hoje: vamos te contar um pouco sobre a história por trás desse hit que arrebata até o mais frio dos corações. Vamos nessa?

Origens de Evidências

Fruto de uma parceria de José Augusto com Paulo Sérgio ValleEvidências surgiu no final da década de 1980. De lá pra cá, a canção virou uma espécie de "hino não oficial brasileiro".

Em conversa com o Correio Brasiliense, a dupla abriu o jogo a respeito da concepção dessa obra. Para começo de conversa, eles não escreveram letra e melodia pensando em um artista específico. "Não posso dizer que a gente tenha pensando em algum intérprete, fizemos porque gostamos mesmo de fazer música romântica", garante Valle. Por sua vez, José Augusto argumenta que a intenção "era colocar uma história de amor bem-sucedida e com positividade porque, mesmo perdendo a pessoa, ficava a positividade de que ela ia voltar", disse.

Ainda segundo os compositores, José Augusto foi o responsável pelo toque final na letra. "Ele me ligou no dia seguinte e disse 'a gente precisa se encontrar porque falta algo, falta uma conclusão'", lembra Valle. "Eu não senti isso, para mim estava perfeito", completa. Foi então que José finalizou a canção com os poderosos versos: "diz que é verdade, que tem saudade/que ainda você pensa muito em mim".

"Não faz sucesso", sentenciou uma gravadora

Apesar de ter resistido ao teste do tempo, a canção nasceu sem o menor glamour. Para entendermos melhor essa história, vamos voltar ao ano de 1989.

Naqueles tempos, segundo José Augusto, a música foi apresentada em uma reunião da qual participavam sete pessoas do meio musical. Para quase todos os presentes, a faixa era "complicada e não tinha chances de fazer sucesso". Apenas o multifacetado Michael Sullivan enxergou algum potencial na composição e deu um jeito de encaixá-la no disco que seu irmão, o cantor romântico Leonardo Sullivan, iria lançar em junho daquele ano.

Dê o play e ouça a primeira gravação de Evidências:

Como a gravadora de Leonardo Sullivan não apostou suas fichas na canção, o lançamento não causou impacto. A faixa, inclusive, nem mesmo foi divulgada nacionalmente. Porém, nem tudo estava perdido! Continue com a gente e conheça o desfecho dessa história de sucesso.

Dupla sertaneja vira o jogo

Aparentemente, a baixa repercussão da gravação de Leonardo Sullivan não roubou a paz de José Augusto. Ciente da qualidade da canção, o compositor decidiu apresentá-la para outros artistas. Foi, então, que ele enviou uma fita com 10 faixas para a dupla Chitãozinho & Xororó, que estava selecionando repertório para um novo disco. A primeira música da lista era… Evidências!

Arrebatados pela intensidade da letra da canção, os irmãos decidiram gravá-la. Em outubro de 1990, Chitão e Xororó entraram em estúdio para gravar o disco Cowboys do Asfalto. Lançada do dia 4 de dezembro daquele mesmo ano, Evidências foi a primeira música de trabalho do álbum.

De lá pra cá, a faixa assumiu uma condição de linguagem universal. De Norte a Sul, de Lesta a Oeste [incluindo o Centro-Oeste ], não há tribo musical que não se renda ao charme dessa canção.

Todos por Evidências

Pensando no "evidente ibope de Evidências", nós listamos as cinco versões em português mais emblemáticas da música. Infelizmente, muitos bons vídeos ficaram de fora. O importante, no entanto, é que você se diverta com roupagens "diferentonas" desse clássico incontestável.

1. A quebra de barreiras

Há pouco mais de 10 anos, em uma ação de uma marca de refrigerantes, Chitão e Xororó fizeram um som com a banda Fresno. Uma das canções da performance foi Evidências. Desde então, a turma do rock passou a enxergar essa música com outros olhos.

2. Com as bençãos da MPB

Nem mesmo a MPB sofisticada e classuda da genial Ana Carolina resistiu ao charme de Evidências. Lá no ano de 2001, bem antes da dobradinha C&X + Fresno, a artista mineira aplicou doses sertanejas em seu repertório.

3. O Padre é mais do que pop

Durante uma estadia da Suécia, o Pe. Fábio de Melo mostrou a força da música brasileira popular! Sem se fazer de rogado, o padre tratou logo de puxar o "hino".

4. Melhor "embromation"

Quando uma música não rende embromações de qualidade, certamente é porque a melodia não é memorável. Com base na performance da Alcione, nós concluímos que Evidências mita até na hora do "embromation".

5. [...] "mexe com minha cabeça e me deixa assim"!

A menção honrosa do clássico de Zezé Di Camargo e Luciano foi inevitável! Num dia qualquer, no vagão de um metrô, uma mulher usou Evidências para escancarar seus sentimentos! A participação da galera, que cantou numa só voz, fez o momento ser espetacular.

Nota da redação: até o fechamento deste post, Evidências contava com mais de 80 regravações. Foi gravada em francês, inglês, espanhol e italiano. Alguém aí duvida de que estamos falando de um hit mundial?

Evidências e cerveja: combinação perfeita

Em 2018, a NewAge lançou a edição especial da cerveja Salzburg Evidências. O projeto buscou inspiração no sucesso de Chitãozinho & Xororó e na recente turnê que leva o nome da música.

"O sucesso da dupla como embaixadores da marca é perfeito para brindar o mercado dos 'loucos por cervejas' com as embalagens colecionáveis Salzburg Evidências, nos rótulos especiais assinados pela dupla", explica Edson Nunes, diretor comercial da NewAge.

A cerveja Salzburg tem inspiração austríaca, desenvolvida com puro malte de origem (tipo Premium Lager) e produzida com ingredientes selecionados, com coloração dourada. A Salzburg Evidências pode ser encontrada nas melhores lojas do gênero.

Como tocar Evidências

E para finalizar a nossa conversa em grande estilo, nada mais justo do que aprendermos como tocar a música Evidências. Antes de partir para o aprendizado, você precisa saber que a gravação registrada no álbum Cowboys do Asfalto é em Mi Maior, tem o BPM em 99 e segue o compasso 4/4. O arranjo da videoaula a seguir foi inspirado nessa versão imortalizada por Chitãozinho e Xororó.

Não tem mistério, amigo leitor. Basta acompanhar atentamente e ficar ligado na parte vocal. Prepare seus dedos, aqueça sua voz e bom aprendizado!

Veja também:

Cifra Club
  • separator
  • comentários
publicidade