PUBLICIDADE

Windows 11 vai ganhar suporte a widgets de terceiros ainda este ano

Microsoft também planeja permitir a exibição de widgets direto na área de trabalho do Windows 11 em uma atualização futura

24 mai 2022 17h50
ver comentários
Publicidade

O Windows 11 irá permitir a instalação de widgets criados por terceiro em uma atualização futura. Segundo a Microsoft, o recurso deve chegar ao sistema operacional até o final de 2022. Em breve, desenvolvedores de softwares baseados na API do Windows ou em Progressive Web App (PWA) poderão acessar as ferramentas necessárias para criar os widgets.

Windows 11
Windows 11
Foto: Vitor Pádua / Tecnoblog / Tecnoblog

Por enquanto, os widgets disponíveis no Windows 11 são de propriedade da Microsoft. Há, inclusive, poucas opções no catálogo, como janelas para acompanhar previsão do tempo, notícias, calendário, álbum de fotos, tarefas do To Do, trânsito e alterações na bolsa de valores.

Apenas os widgets do Outlook e do To Do têm funções exclusivas. As demais janelas só mostram informações obtidas pela web. Em sua mais recente apresentação de builds do sistema operacional para desenvolvedores, Panos Panay, chefe de dispositivos e Windows, comentou o seguinte:

"Estamos animados com o feedback dos usuários em relação aos Widgets até o momento. As pessoas estão aproveitando o acesso rápido ao conteúdo mais importante para elas de uma maneira perfeita, sem interromper o fluxo [de outras atividades]. A partir do final deste ano, vocês poderão começar a criar Widgets como experiências complementares para seus aplicativos Win32 e PWA no Windows 11, com a plataforma Adaptive Cards".

Panos Panay.

Widgets no desktop estão nos planos da Microsoft

Ainda não há uma data exata para a implementação dos widgets de terceiros no Windows 11. A Microsoft também não divulgou muitos detalhes sobre o funcionamento das janelas e as possíveis limitações que deverão ser respeitadas pelos desenvolvedores, no futuro.

Vale mencionar que a Microsoft planeja exibir os widgets direto na área de trabalho do Windows 11. Até então, as janelas ficam separadas e escondidas em um menu dedicado, que pode ser acessado pelo desktop. É provável que essa mudança chegue em breve ao sistema.

Com informações: The Verge.

Windows 11 vai ganhar suporte a widgets de terceiros ainda este ano

Tecnoblog
Publicidade
Publicidade