PUBLICIDADE

Windows 11: PCs com AMD Ryzen ganham correções para bugs em desempenho

Microsoft e AMD lançaram soluções para problemas no cache L3 e no mecanismo de núcleo-preferencial que afetavam a performance de computadores

21 out 2021 20h59
ver comentários
Publicidade

Dois dias após o lançamento do Windows 11, a AMD confirmou dois bugs ligados à plataforma que afetavam o desempenho de PCs com processadores Ryzen. Os problemas eram relacionados ao cache L3 e ao mecanismo de núcleo preferencial, afetando a performance em single-core. Agora, tanto a empresa responsável pelos chips quanto a Microsoft lançaram correções para as falhas.

Processador Ryzen
Processador Ryzen
Foto: divulgação/AMD / Tecnoblog

Como a AMD informou no dia 7 de outubro, o Windows 11 estava provocando um amento de latência do cache L3 em aproximadamente 3x. A companhia disse que qualquer qualquer aplicativo sensível ao tempo de acesso ao subsistema de memória poderia ser afetado, entretanto, os efeitos desse bug seriam mais fortes para jogos de eSports, com queda entre 10% e 15%.

A falha chegou a piorar com o Patch Tuesday de outubro, elevando a latência de 17 ns para até 31,9 ns.

Já o problema com o mecanismo de núcleo preferencial impedia que os processadores da AMD identificassem o melhor núcleo para tarefas, incluindo as mais exigentes. Nesse caso, ele apenas distribuía os processos aleatoriamente, o que tendia a prejudicar o desempenho em single-core, ou em tarefas que usam apenas alguns núcleos.

Atualizações já podem ser baixadas por todos os usuários

A AMD lançou um driver para chipsets que deve corrigir a falha na tecnologia de núcleo preferencial, ele pode ser encontrado nesta página.

Na última semana, a Microsoft liberou uma correção para o problema do cache L3 para Insiders, e agora ela está disponível para a versão estável do sistema, sob o nome KB5006746. Você baixá-la manualmente por aqui ou esperar até o Patch Tuesday de novembro, no qual ela também estará presente.

Windows 11: PCs com AMD Ryzen ganham correções para bugs em desempenho

Tecnoblog
Publicidade
Publicidade