PUBLICIDADE

Uber Moto para passageiros chega ao Grande ABC com preço menor que UberX

Nova modalidade de transporte da Uber chega para Grande ABC e outras 14 cidades; empresa pede que clientes levem seus próprios capacetes

22 out 2021 18h23
| atualizado em 23/10/2021 às 11h05
ver comentários
Publicidade

A Uber inaugurou nesta sexta-feira (22) viagens do Uber Moto nas regiões de Diadema, São Bernardo do Campo e São Caetano do Sul. A alternativa de transporte oferece preços menores que o UberX, e entregadores cadastrados no Uber Eats podem deixar a entrega de lado para fazerem viagens com a nova opção do aplicativo.

Foto: Tecnoblog

Além de chegar para o Grande ABC, o Uber Moto deve rodar pelas ruas de outras 14 cidades brasileiras a partir desta sexta-feira. A modalidade chegou ao Brasil em novembro de 2020 e foi inaugurada em Aracaju (Sergipe) — ela já estava presente em mais 22 municípios brasileiros.

A Uber ressaltou, em comunicado, que os procedimentos de segurança para o Uber padrão foram levados à nova modalidade: motoqueiros que se tornarem motoristas passam por uma checagem de antecedentes feita pela empresa, e precisam ter uma CNH com a observação de atividade remunerada (EAR).

Para destinos tão próximos, mas tão distantes

Passageiros do Uber Moto podem compartilhar a placa da moto, a identificação do motorista e a localização do mapa em tempo real, como nas outras modalidades da empresa.

"Desde que começamos com as viagens de moto em algumas cidades brasileiras, percebemos que elas passaram a ser utilizadas para, por exemplo, conectar os nossos usuários com modais de transporte, como estações de ônibus, trens e metrô das cidades, principalmente para deslocamentos rápidos, aquilo que no mundo de mobilidade chamamos de 'last mile'", comentou Luciana Ceccato, diretora de marketing da Uber. Ela aponta que o Uber Moto é ideal para viagens cujo destino é próximo demais para ir de carro, mas longe para chegar a pé.

O Uber Moto é mais uma opção para que motoristas parceiros aumentem a receita com o aplicativo. Agora, o entregador do Uber Eats com uma moto pode realizar viagens e também entregar pelo Uber Flash Moto, categoria de entregas super-rápida da plataforma.

Viagens feitas pelo Uber Moto terão seguro para acidentes válido tanto para passageiros quanto para motoristas. Condutores também vão passar por treinamentos de segurança no trânsito, realizados pela própria Uber.

Uber recomenda capacete próprio

Segundo a Uber, o usuário pode ter que levar o próprio capacete para andar de moto. Caso o motorista tenha equipamento extra, ele deve ser higienizado a cada viagem, como uma medida de prevenção à Covid-19. Assim como em outras modalidades, será necessário o uso de máscara para andar no Uber Moto.

Em tempos de inflação e gasolina cara, a empresa tem enfrentado dificuldades para operar no Brasil, com cancelamento de viagens dos condutores. Para o passageiro, está mais difícil chamar um carro e não receber um aviso de que a viagem foi cancelada.

Nessa semana, a Uber anunciou outra opção de corrida dentro da plataforma: o Uber Planet, que compensa as emissões de carbono da viagem. Ela será lançada em cinco cidades brasileiras, mas deve custar um pouco mais do que o UberX.

Outra nova opção mais cara que o UberX é o Uber Prioridade, lançado na semana passada. Essa modalidade prioriza o usuário que busca atendimento rápido — o serviço é uma espécie de "fura-fila", buscando resolver a queixa de cancelamento.

Uber Moto para passageiros chega ao Grande ABC com preço menor que UberX

Tecnoblog
Publicidade
Publicidade