1 evento ao vivo

TikTok apresenta queixa contra bloqueio do aplicativo nos Estados Unidos, diz agência

Aplicativo tem até o dia 12 de novembro para firmar um acordo para a venda de suas operações nos EUA ou será impedido de funcionar

19 set 2020
03h56
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A plataforma de compartilhamento de vídeos Tik Tok entrou com um pedido na Justiça americana para impedir o governo Trump de bloquear o aplicativo nos Estados Unidos. A informação foi divulgada pela agência Bloomberg.

A ByteDance, empresa chinesa dona do TikTok, apresentou queixa na noite desta sexta-feira, 18, na Justiça Federal de Washington.

O Departamento de Comércio americano anunciou nesta sexta-feira que impedirá novos downloads do aplicativo TikTok a partir de domingo. A empresa terá até novembro para vender as operações em território americano a uma empresa nacional. Caso não cumpra o prazo, o aplicativo será proibido de funcionar nos EUA.

Segundo a agência, a queixa diz que Trump excedeu seu poder de autoridade ao banir o aplicativo e que o fez por razões políticas em vez de "eliminar uma ameaça extraordinária" para os EUA, como a lei exige./REUTERS

Veja também:

Veja como funciona a Bixby, assistente de voz da Samsung
Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade