PUBLICIDADE

Tesla supera previsões de receita, prevê que problemas em suprimentos continuam em 2022

26 jan 2022 18h54
| atualizado em 27/1/2022 às 09h12
ver comentários
Publicidade

A Tesla afirmou nesta quarta-feira que os problemas da cadeia de suprimentos devem continuar neste ano, após divulgar receita trimestral recorde que superou estimativas de Wall Street. As ações caíram 2,7% nas negociações do after-market.

A receita subiu para 17,72 bilhões de dólares no quarto trimestre, ante 10,74 bilhões um ano antes. Analistas esperavam que a fabricante de veículos elétricos reportasse receita de 16,57 bilhões de dólares, segundo dados da Refinitiv.

A montadora mais valiosa do mundo entregou um número recorde de veículos, apesar dos revezes na cadeia de suprimentos.

"Nossas fábricas estão funcionando abaixo da capacidade há vários trimestres, já que a cadeia de suprimentos se tornou o principal fator limitante, o que provavelmente continuará em 2022", disse a Tesla em comunicado.

A Tesla disse que sua nova fábrica em Austin começou a produção do Model Y no fim de 2021 e que planeja iniciar as entregas após a certificação final, sem detalhar o prazo.

A empresa disse que pretende maximizar a produção de sua fábrica na Califórnia além de 600 mil veículos por ano.

A Tesla se saiu melhor do que a maioria das montadoras no gerenciamento de problemas da cadeia de suprimentos, usando chips menos escassos e ajustando softwares rapidamente.

A Tesla enfrenta desafios de aumentar a produção em duas novas fábricas neste ano com mudanças tecnológicas, bem como restrições na oferta de baterias e outras cadeias de suprimentos.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Publicidade
Publicidade