PUBLICIDADE

Snapchat tenta ressuscitar através de vendas físicas

Compradores podem usar realidade aumentada que mistura phy (de físico) com gital (digital).

16 dez 2021 07h00
ver comentários
Publicidade
Parceria entre Snapchat e Renner tenta ressuscitar o serviço no Brasil
Parceria entre Snapchat e Renner tenta ressuscitar o serviço no Brasil
Foto: Visual Content / VisualHunt

Há cerca de 5 anos o Snapchat caiu em desuso no Brasil. Mas agora a plataforma social de imagens se uniu à loja de departamentos Renner para tentar uma cartada de aproximação com público.

Por meio da rede, potenciais compradores podem experimentar alguns modelos de calçados da loja utilizando realidade aumentada por meio de câmera pioneira no mercado brasileiro chamada try-on (de testar).

Assim, ao se apontar a câmera snap (da rede) para os pés, a sincronia com a imagem em realidade aumentada de alguns modelos gerada pela Renner faz com que o usuário sinta como se o próprio calçado estivesse sendo experimentado.

A loja diz querer ampliar a oferta de três calçados, inicialmente, para outros modelos de roupas, óculos e outros acessórios.

O conceito é chamado phygital pela união de physical com digital, e é uma das tendências da união de sustentabilidade e conveniência que a indústria tenta alcançar.

(*) HOMEWORK inspira profissionais e empreendedores a trabalhar de um jeito mais inteligente, saudável, transformador. Nosso conteúdo impacta mais de 1 milhão de usuários únicos, todo mês. É publicado no Terra e compartilhado via redes sociais, WhatsApp e newsletter. Entre pra comunidade HOMEWORK!

Homework Homework
Publicidade
Publicidade