PUBLICIDADE

Shiba Inu, rival do dogecoin, sobe 30% após ser adicionado ao Coinbase Pro

Criptomoeda shiba inu (SHIB), criada para competir com o dogeocin (DOGE), será listada na Coinbase Pro

16 jun 2021 20h56
ver comentários
Publicidade

O preço do shiba inu (SHIB), criado para competir com a criptomoeda meme dogecoin (DOGE), disparou 30% nesta última terça-feira (15) depois que a Coinbase, a maior exchange de ativos digitais dos Estados Unidos, anunciou que a moeda começaria a ser negociada em seu catálogo voltado a investidores profissionais.

O meme que inspirou as criptomoedas dogecoin e shiba inu
O meme que inspirou as criptomoedas dogecoin e shiba inu
Foto: Reprodução / Tecnoblog

A Coinbase Pro havia anunciado no início de junho a chegada do dogecoin, o que também valorizou a criptomoeda em mais de 30% na época. Agora, seguindo com sua estratégia de implementar as mais populares "shitcoins" (moedas digitais geralmente criadas como piadas), o shiba inu também entrará para sua listagem profissional nesta semana.

Muitos veem o SHIB como uma alternativa ao dogecoin, uma vez que demonstra um comportamento muito parecido. Até mesmo seu nome é uma alusão ao meme de um cachorro shiba inu que originou o DOGE. Assim, essa nova moeda digital vem ganhando popularidade na internet, o que fez investidores cobrarem a inclusão do ativo na Coinbase.

Tendo em vista que esse tipo de criptomoeda é ainda mais volátil e especulativa, a exchange americana está restringindo sua oferta somente à Coinbase Pro, seu serviço dedicado a investidores profissionais. Assim, a corretora busca reduzir os riscos que envolvem a negociação do shiba inu.

Shiba inu tem apenas 10 meses de existência

De acordo com dados do CoinMarketCap, o SHIB saiu do preço médio de US$ 0,000007 para mais de US$ 0,000009 em apenas 24 horas, uma valorização de aproximadamente 30%. Porém, esse valor atual ainda é um pequeno fragmento do recorde de US$ 0, 000034 registrado em meados de maio.

A criptomoeda ainda é extremamente jovem. O shiba inu foi criado em agosto de 2020, o que o deixa com apenas 10 meses de existência. Sendo assim, seu baixíssimo preço não é tão diferente do dogecoin em seu primeiro ano.

As negociações na Coinbase Pro começarão oficialmente na manhã de quinta-feira (17), se as condições de liquidez foram atingidas. Junto ao SHIB, entrarão também as criptomoedas chiliz (CHZ) e a keep network (KEEP). Além do dogecoin, a empresa adicionou recentemente uma série de altcoins ao seu catálogo profissional, incluindo o polkadot (DOT), gitcoin (GTC), enzyme (MLN), amp (AMP) e internet computer (ICP).

Com informações: CoinDesk

Shiba Inu, rival do dogecoin, sobe 30% após ser adicionado ao Coinbase Pro

Tecnoblog
Publicidade
Publicidade