PUBLICIDADE

Senadora dos EUA questiona Amazon e Google sobre assistentes domésticos

23 jun 2021 11h59
| atualizado às 16h44
ver comentários
Publicidade

Amazon.com e Google precisam dar mais detalhes sobre como seus assistentes digitais vão aceitar competição e proteger a privacidade dos usuários, afirmou a senadora norte-americana Amy Klobuchar em carta às empresas.

Senadora Amy Klobuchar durante sessão do Congresso norte-americano 
27/04/2021
Tasos Katopodis/Pool via REUTERS
Senadora Amy Klobuchar durante sessão do Congresso norte-americano 27/04/2021 Tasos Katopodis/Pool via REUTERS
Foto: Reuters

No texto, a presidente do subcomitê de defesa da concorrência da Comissão Judiciária do Senado afirma que testemunhos de advogados das companhias na semana passada a deixaram com preocupações sobre o poder de mercado de ambas nesse mercado em rápido crescimento.

A senadora pediu às empresas para identificarem quais de seus produtos vão suportar uma recém anunciada aliança do setor conhecidada como Matter. O grupo, que inclui Apple, Ikea e outras empresas, pretende fazer com que aparelhos de automação doméstica, como luzes e alto-falantes conectados à internet, de vários fabricantes poderão se conectar entre si.

"Por qual período de tempo vocês se comprometem em apoiar o projeto de interoperabilidade Matter e quem em suas empresas será responsável por determinar a extensão de seu compromisso com o Matter?", escreveu Klobuchar na carta enviada à Amazon e ao Google.

A senadora pediu para as empresas responderem até 2 de julho e também para esclarecerem dúvidas sobre coleta de dados por assistentes de voz e como esta informação é utilizada.

Empresas como Sonos e outros fabricantes de eletrodomésticos reclamaram na semana passada sobre táticas anticompetitivas adotadas por grandes companhias de tecnologia.

Klobuchar afirmou na ocasião que a linha de alto-falantes inteligentes da Amazon, Echo, tem mais de 50% do mercado enquanto os produtos Nest, do Google, possuem 30%.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Publicidade
Publicidade