2 eventos ao vivo

Como fazer uma boa faxina na sua vida digital?

Organização e atualização é a chave para se proteger de hackers

16 set 2019
13h27
  • separator
  • 0
  • comentários

Com o inverno quase acabando, é o momento perfeito para começar a planejar sua faxina digital. Quando pensamos em faxina, a maioria pensa apenas em organizar os armários e os guarda-roupas e nos esquecemos da nossa vida digital. Se você deseja minimizar as chances de um hacker colocar as mãos em suas informações online privadas, uma limpeza da sua casa digital é absolutamente essencial.

Não é fácil, mas é necessário

Fazer uma limpeza da sua vida on-line não é divertido, mas garanto-lhe que é uma obrigação se você deseja evitar se tornar vítima de roubo de identidade.

Pense em quanta porcaria digital acumulamos ao longo dos anos? Muitos de nós temos várias redes sociais, mensagens de whats app e contas de email, fora todas aquelas assinaturas em lojas e sites on-line. E por fim ainda existem os aplicativos e programas que não usamos mais. Manter essas contas e arquivos desnecessariamente nos expõe a todos os tipos de riscos. Dispositivos podem ser roubados ou uma violação de dados pode expor seus arquivos à Dark Web. Em suma, quanto menos informações houver sobre você online, melhor você estará.

Foto: Freepik

O que é roubo de identidade?

O roubo de identidade é um crime grave que pode ter consequências devastadoras. Ocorre quando as informações pessoais de uma pessoa são roubadas para serem usadas principalmente para ganho financeiro. Um conjunto detalhado de informações pessoais é tudo o que um hacker precisa para acessar contas bancárias, solicitar empréstimos ou cartões de crédito.

Como fazer uma faxina digital?

A boa notícia é que a faxina digital não requer tanto esforço. Segue algumas dicas para adicionar à sua lista de limpeza:

1. Eliminar seus dispositivos antigos

Reúna todos os antigos notebooks, desktops, tablets e smartphones antigos. Faça backup de alguns documentos importantes e fotos de férias (em outro computador, em um disco rígido externo ou em um programa de armazenamento em nuvem como o Dropbox e ou iCloud) para que você possa apagar todos os dados restantes e reciclar seu antigo parceiro.  

2. Garanta que suas máquinas estejam limpas!

Não é incomum que vírus ou malware invadam seus dispositivos por meio de software desatualizado. Garantir que todos os seus dispositivos estejam executando a versão mais recente dos aplicativos. A maioria dos pacotes de software é atualizada automaticamente, mas reserve um tempo para garantir que isso esteja acontecendo em todos os seus dispositivos.

3. Revise e consolide arquivos, aplicativos e serviços

É imprescindível decidir quais aplicativos e contas são importantes pra você, pois o grande problema das contas antigas é que elas são invadidas, e podem direcionar hackers para suas contas atuais. Depois reserve um tempo para revisar os últimos acordos e configurações de privacidade para entender quais dados eles estão coletando e quando estão coletando. 

4. Atualizar senhas e ativar a autenticação de dois fatores

A atualização de nossas senhas é uma importante prática de "cibersegurança" que geralmente é negligenciada. Criar senhas longas e únicas, usando uma variedade de números, letras maiúsculas e minúsculas  e símbolos é uma maneira mais eficaz de proteger você e seus ativos digitais. Se tudo isso parece muito complicado, que tal considerar uma solução de gerenciamento de senhas? Os gerenciadores de senhas ajudam a criar, gerenciar e organizar suas senhas. Algumas soluções de software de segurança incluem um gerenciador de senhas como o Terra Antivírus.

Por fim, sempre que possível você deve habilitar a autenticação de dois fatores como uma camada extra de defesa contra cibercriminosos. A autenticação de dois fatores é o local em que um usuário é verificado por senha de exclusão ou código único por meio de um dispositivo pessoal separado, como um telefone inteligente.

Fonte: McAfee Network Associates Inc. © Copyright 2019.  Todos os Direitos Reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade