PUBLICIDADE

Salesforce vai desacelerar contratações, diz documento interno

Empresa de software é mais uma tomando medidas para enfrentar crise no setor tecnológico

18 mai 2022 19h47
ver comentários
Publicidade

A empresa de software Salesforce indicou em um documento interno que vai desacelerar suas contratações e cortar gastos com viagens corporativas. A companhia é mais uma a tomar medidas para o período de crise que se instalou sobre o setor de tecnologia - Facebook e Uber, por exemplo, também já revelaram planos para desacelerar contratações.

A informação foi revelada pelo site Business Insider, que não deu detalhes sobre quantas vagas serão afetadas com as novas medidas - até janeiro, a empresa tinha 1,7 mil vagas abertas só nos EUA.

Ao site, a Salesforce não desmentiu a informação. Um representante da companhia disse:

"Contratamos 20 mil funcionários durante os últimos anos e vamos contratar 4 mil somente neste trimestre. As viagens de negócio seguem sendo uma parte fundamental de como trabalhamos para nossos clientes".

Corte de gastos passou a ser tema recorrente entre empresas de tecnologia nos últimos meses - a alta global dos juros e os resultados financeiros abaixo do esperado passaram a pressionar as empresas.

O exemplo mais recente é a Netflix que demitiu nesta terça, 17, 150 funcionários nos EUA. A gigante do streaming tenta cortar gastos após o crescimento lento em seus lucros e as projeções de queda de 2 milhões de assinantes para o segundo trimestre.

Já o Facebook teve no primeiro trimestre de 2022 o crescimento mais lento de sua história, com redução de 21% no lucro na comparação com o mesmo período do ano passado. O Uber também anunciou que vai congelar as contratações após registrar prejuízo de US$ 5,9 bilhões.

"Trataremos a contratação como um privilégio e seremos criteriosos sobre quando e onde aumentar o número de funcionários", disse o presidente do Uber Dara Khosrowshahi.

Estadão
Publicidade
Publicidade