0

Rede pública de blockchain Nervos levanta US$72 mi em venda de tokens

6 nov 2019
13h27
  • separator
  • 0
  • comentários

A Nervos Network, um projeto público de blockchain de código aberto, disse nesta quarta-feira que captou 72 milhões de dólares em uma venda de tokens no mês passado, uma das mais significativas arrecadações deste ano no setor de criptomoedas.

O projeto visa solucionar os maiores desafios atualmente enfrentados por redes de blockchain como bitcoin e ethereum. O blockchain, que surgiu como o sistema que alimenta o bitcoin, é um banco de dados compartilhado mantido por uma rede de computadores.

Após o colapso dos preços das criptomoedas em 2018, o foco mudou para as empresas de blockchain que desenvolvem projetos para serviços financeiros e para o mundo corporativo em geral.

A Nervos Network vendeu seus tokens ao público por meio da Coinlist, uma plataforma de vendas de tokens licenciada.

A venda pública de tokens ocorreu de 16 a 24 de outubro.

A Nervos também anunciou na quarta-feira o lançamento ao público da rede de código aberto chamada "Lina". A empresa acrescentou que mineradoras de criptomoedas e desenvolvedores podem participar e utilizar a rede a partir de 16 de novembro.

"O lançamento significa que o blockchain prometido está pronto", disse à Reuters Kevin Wang, co-fundador da Nervos, em entrevista por telefone.

A Nervos disse que seu blockchain permite que desenvolvedores e empresas lancem produtos e serviços nele sem comprometerem a segurança e a descentralização por velocidade e escalabilidade.

"Os blockchains de primeira geração, como bitcoin e ethereum, abriram o caminho, mostrando-nos o que é possível", disse Wang. "A Nervos foi construída com base em seus aprendizados, mas agora cabe a nós e à nossa comunidade resolver os problemas de amanhã à medida que a adoção da blockchain for levada às massas."

No ano passado, a Nervos captou 28 milhões de dólares em uma venda privada de seu token para investidores institucionais.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade