PUBLICIDADE

Preços de placas de vídeo estão caindo nos EUA; e no Brasil?

Placas de vídeo da Nvidia e AMD ficam até 11% mais baratas nos EUA e na Europa em relação a dois meses atrás; preços no Brasil continuam muito altos e instáveis

26 jan 2022 17h44
ver comentários
Publicidade

Após meses vendo os preços das placas de vídeo subindo sem parar, parece que as GPUs estão começando a ficar um pouquinho mais baratas, em especial nos EUA e na Europa. Contudo, não é hora de comemorar. A escassez de chips continua prejudicando o mercado de hardware e, principalmente por aqui no Brasil, ainda falta muito para acontecer uma verdadeira redução nos valores dos chips gráficos.

Placa de vídeo (GPU) da Gigabyte (
Placa de vídeo (GPU) da Gigabyte (
Foto: Rafael Pol/Unsplash / Tecnoblog

Em visitas recentes ao eBay e a lojas de componentes para computadores, o site estadunidense Tom's Hardware e o portal alemão 3DCenter.org notaram quedas nos preços das placas de vídeo mais recentes da Nvidia e da AMD. Para ser mais específico, em modelos das linhas GeForce RTX 3000 e Radeon RX 6000. Há, porém, algumas exceções, como a RX 6900 XT, que ainda está mais cara que o normal.

Segundo levantamento dos dois sites, as GPUs de ambas as fabricantes ficaram entre cinco a 10% mais baratas nos últimos dois meses. A RTX 3080, por exemplo, podia ser encontrada por US$ 1.733, em novembro de 2021. Agora, em janeiro de 2022, a placa de vídeo chegou a custar, em média, US$ 1.600 — registrando queda de 11% no preço.

O motivo por trás da redução de preços ainda é um mistério. Um dos fatores pode ser o comportamento dos consumidores, que estão deixando de procurar placas de vídeo poderosas por saberem que os componentes estão caros demais. Com isso, lojas precisam dar descontos e cambistas cobram taxas menores para atrair a clientela que perderam.

Outra questão que pode ter afetado os valores das GPUs é a queda no interesse por mineração de criptomoedas nos EUA e na Europa. Os países mais desenvolvidos do mundo estão começando a cobrar impostos e colocar barreiras na blockchain. Isso faz com que menos pessoas comprem placas de vídeo para mineração, exclusivamente.

No Brasil, preços das GPUs ainda são dolorosos

A redução dos preços das placas de vídeo nos EUA e na Europa é um reflexo da realidade do mercado de lá — ou seja, não significa que o mesmo está acontecendo no Brasil. Por aqui, algumas GPUs até podem ser encontradas por preços menores, em relação a dois meses atrás, mas ainda há muitos chips gráficos ficando mais caros.

De acordo com os levantamentos do perfil do Twitter @GPUBipolar — responsável por monitorar preços de GPUs na Kabum — alguns modelos de RTX 3070, RTX 3060 Ti, GTX 1660, GTX 1650 e RX 6700 XT tiveram, sim, queda de preços nas últimas semanas. Vale lembrar, no entanto, que certas reduções foram resultados de promoções na loja.

Por outro lado, uma quantidade expressiva de placas de vídeo ficou mais cara sem motivo aparente. Houve aumento de preço em outros modelos de RTX 3070, RTX 3060 Ti e GTX 1660, assim como em edições de RX 6800 XT.

Mesmo com alguns descontos e pequenos cortes nos preços, ainda não é a melhor hora para investir em peças de hardware aqui no Brasil, infelizmente.

Com informações: The Verge.

Preços de placas de vídeo estão caindo nos EUA; e no Brasil?

Tecnoblog
Publicidade
Publicidade