PUBLICIDADE

Pix é aceito para pagamento de recarga do Bilhete Único em SP

Pix pode ser usado para recarga de Bilhete Único em máquinas Prodata / Imply e via WhatsApp (ou quase isso)

9 jun 2021 20h53
ver comentários
Publicidade

O Pix já é realidade para usuários do sistema de transporte público de São Paulo, pelo menos em parte: graças a uma parceria entre Prodata e Imply, esse meio de pagamento já é aceito em máquinas de autoatendimento para recarga de Bilhete Único. Além disso, nesta semana, a VouD passou a oferecer recarga a partir do WhatsApp, também com pagamento via Pix.

Recarga a partir do WhatsApp
Recarga a partir do WhatsApp
Foto: Emerson Alecrim/Tecnoblog / Tecnoblog

As recargas via Pix nos terminais de autoatendimento começaram a ganhar forma em outubro de 2020, quando a Prodata fechou uma parceria com o Mercado Pago para permitir pagamento com QR Code. Mais tarde, com a chegada do Pix, esse meio de pagamento começou a ser aceito.

A parceria com a Imply ampliou essa opção a partir de maio deste ano. Hoje, o usuário pode fazer recargas nos Terminais Multikiosk Imply instalados nas estações do Metrô de São Paulo.

O usuário precisa apenas inserir o Bilhete Único na máquina, indicar o valor da recarga e escolher o Pix como forma de pagamento. Um QR Code será exibido na tela. Basta ao usuário abrir o aplicativo do seu banco, ler o código com ele e concluir o procedimento.

Também há opções de pagamento via Mercado Pago, cartão de débito e dinheiro em espécie.

Terminal de recarga com Pix
Terminal de recarga com Pix
Foto: divulgação/Imply / Tecnoblog

Recargas via WhatsApp (ou quase isso)

A VouD é um aplicativo para Android e iPhone que, entre seus serviços, permite recarga de Bilhete Único. Mas, nesta semana, a plataforma também passou a permitir recarga via WhatsApp com pagamento via Pix. Ou algo perto disso.

Para começar, o usuário precisa adicionar o número (11) 3888-2201 à sua lista de contatos. Ao iniciar a interação via WhatsApp, ele verá uma opção que permite recarga de Bilhete Único. Essa opção consiste em um link que aponta para um site da VouD com um formulário simples, na verdade, o que significa que o processo não é realizado via WhatsApp, apenas começa por lá.

De todo modo, essa é uma alternativa para quem não quer fazer recarga via aplicativo.

Via WhatsApp, cada recarga pode ter valor máximo de R$ 40. Após a confirmação do pagamento, o Bilhete Único deve ser recarregado nos validadores localizados em terminais de ônibus, estações da CPTM e Metrô, e nos veículos que contam com esse equipamento.

Pix é aceito para pagamento de recarga do Bilhete Único em SP

Tecnoblog
Publicidade
Publicidade