4 eventos ao vivo

Pix cadastra 3,5 milhões de chaves no primeiro dia, afirma BC

Clientes de bancos e fintechs podem usar CPF, celular ou e-mail como chave; transferências do Pix chegam em novembro

5 out 2020
20h32
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Nesta segunda-feira (5), foram cadastradas 3,5 milhões de chaves do Pix: clientes de bancos e fintechs irão usar CPF, número de celular ou endereço de e-mail para facilitar transferências, em vez de depender de agência e conta. Instituições financeiras como Nubank, Santander e Banco do Brasil estão sorteando prêmios de até R$ 1 milhão para quem registrar essas chaves.

Chaves do Pix
Chaves do Pix
Foto: Tecnoblog

De acordo com o Banco Central, foram registradas 600 mil chaves do Pix apenas nas três primeiras horas do dia (9h às 12h). Às 18h, o total já atingia 3.528.822 cadastramentos. Este é apenas o primeiro dia.

Algumas instituições financeiras fizeram pré-cadastro das chaves do Pix, incluindo o Bradesco, Nubank, Mercado Pago e PicPay. Como o BC "abriu as porteiras" hoje, o número de cadastros foi enorme — já havia um backlog acumulado.

Itaú, Bradesco e Santander passaram por instabilidades desde esta manhã, e não confirmaram se houve uma sobrecarga por causa do Pix. O BC somente afirma à Reuters que "a última informação que tivemos é que está normalizado agora", e lembra que não há data limite para o cadastro.

Você não precisa cadastrar uma chave do Pix

O registro de chaves do Pix é feito pelos aplicativos de bancos, fintechs e instituições de pagamento. É possível utilizar seu e-mail, celular ou CPF. Para quem não quiser fornecer dados pessoais, há a opção de gerar uma chave aleatória (EVP) com números, letras e símbolos.

Vale lembrar que você não precisa cadastrar uma chave do Pix: ainda será possível informar agência, conta e CPF/CNPJ para realizar transferências. No entanto, bancos e fintechs estão brigando para conquistar o cadastro dos clientes, porque só é possível vincular uma chave a uma conta específica. Por exemplo, não dá para usar o CPF como chave do Itaú e do Banco Inter ao mesmo tempo — você precisa escolher.

Mayara Yano, assessora plena do Decem (Departamento de Competição e de Estrutura do Mercado Financeiro), disse hoje em live do BC que o Pix trará vantagens para o dia a dia dos brasileiros. "Fazer uma transferência e/ou um pagamento passará a ser algo extremamente simples e rápido, além de seguro. Você nem precisará saber onde a outra parte tem conta, basta informar a chave Pix e o dinheiro cai na conta imediatamente."

O sistema de pagamentos instantâneos estará disponível para todos a partir de novembro. As transferências serão grátis para pessoa física se feitas de forma digital, por internet banking no computador ou app. O Pix poderá ser usado 24 horas por dia, sete dias por semana, sem os limites de um TED ou DOC; no entanto, o BC permite estipular limites máximos de valor dependendo do horário.

Pix cadastra 3,5 milhões de chaves no primeiro dia, afirma BC

Veja também:

Como a Tesla fez de Musk a 2ª pessoa mais rica do mundo
Tecnoblog
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade