PUBLICIDADE

PayPal ganha integração com Coinbase para comprar bitcoin

Exchange Coinbase integra PayPal como forma de pagamento para comprar bitcoin (BTC) e outras criptomoedas, mas taxas são altas

30 abr 2021
0comentários
Publicidade

A Coinbase, maior corretora de criptomoedas dos Estados Unidos, anunciou nesta última quinta-feira (29) que passou a permitir que seus milhões de usuários americanos utilizem suas contas do PayPal para comprar bitcoin (BTC) e outras moedas digitais. As transações podem ser realizadas com cartões de débito ou através das contas bancárias vinculadas à carteira digital.

Usuários americanos podem agora usar contas do PayPal para comprar criptomoedas na Coinbase
Usuários americanos podem agora usar contas do PayPal para comprar criptomoedas na Coinbase
Foto: Divulgação/Coinbase / Tecnoblog

"Comprar criptomoedas deve ser simples e fácil. No entanto, movimentar dinheiro através do sistema financeiro tradicional pode ser tudo menos isso", afirmou a empresa em comunicado. A integração do PayPal chega para tornar o processo de aquisição de moedas digital mais rápido, com transferências ou pagamentos instantâneos.

Segundo a Coinbase, a escolha do PayPal para firmar esta parceria "gera uma experiência familiar e confiável à medida que o usuário explora o novo mercado". A estrutura de pagamentos existente ainda "garante transparência, desempenho e segurança em todos os serviços".

Como funcionará a integração?

Se um usuário da Coinbase possui uma conta PayPal, ele poderá fazer transações a partir de sua carteira digital através da exchange. A corretora não irá exigir nenhum dado bancário ou números de cartões, todas essas informações serão importadas. Dessa maneira, o usuário deve adicionar ou editar formas de pagamento diretamente em sua carteira digital do PayPal.

O processo inicial para comprar criptomoedas dentro do site ou aplicativo da Coinbase segue sendo o mesmo. Porém, o usuário poderá clicar em "métodos de pagamentos" e selecionar "PayPal" para integrar as duas contas. A partir daí, as contas bancárias e cartões vinculados à carteira digital poderão ser utilizados diretamente para transações dentro da exchange. Há um limite diário de US$ 25 mil para a compra de moedas digitais.

"Nos próximos meses, expandiremos a capacidade de compra de criptomoedas usando fundos do PayPal para mais países. Os saques da corretora para o PayPal já estão disponíveis nos Estados Unidos, Canadá, União Europeia e Reino Unido", disse o comunicado.

Porém, há altas taxas nas entrelinhas

Porém, as conhecidas taxas da Coinbase não são aplicadas nas compras realizadas através do PayPal, podendo surpreender alguns usuários. Segundo o CoinDesk, os usuários podem ser taxados em até 4% por transações realizadas pelo novo serviço.

Assim, comprar através do PayPal se tornou uma das opções mais caras que a Coinbase oferece hoje. O CoinDesk ressaltou que as tarifas de 4% são tão caras quanto as de um cartão de débito, enquanto são "nitidamente maiores" do que as aplicadas em compras realizadas através de contas bancárias, que giram em torno de 1,49%. Por fim, também há taxas de 2,5% para depositar dólares do PayPal para a Coinbase.

"As taxas cobrem os custos de processamento de pagamentos", disse um gerente de projeto da Coinbase, Eddie Lo. Em uma simulação realizada pelo CoinDesk, uma compra de US$ 25 mil em criptomoedas realizada através de um cartão de débito registrado no PayPal geraria aproximadamente US$ 960 em tarifas.

Com informações: CoinDesk

PayPal ganha integração com Coinbase para comprar bitcoin

Tecnoblog
Publicidade
Publicidade