0

O que é o chat Geneva? [comunidade é uma bolha assumida]

Entenda o que é e como funciona o Geneva, chat citado por Tiago Leifert para interações pessoais com o público do BBB

13 jan 2021
20h50
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

No seu Instagram, o apresentador Tiago Leifert declarou que usaria o Geneva, um canal de comunicação alternativo ao Twitter para trocar mensagens de texto com parte do público do BBB 21, reality show da Rede Globo. Para quem ficou curioso a respeito do aplicativo - afinal, o que é o Geneva? -, neste artigo explico o que é o chat, como ele funciona e quais recursos disponibiliza.

No aplicativo Geneva é possível criar salas de bate-papo privadas (Imagem: Unsplash / Reprodução)
No aplicativo Geneva é possível criar salas de bate-papo privadas (Imagem: Unsplash / Reprodução)
Foto: Tecnoblog

O que é o Geneva

Definido pela própria empresa como um espaço seguro e acolhedor, o Geneva é um aplicativo que funciona como uma sala de bate-papo privada, no qual apenas pessoas convidadas pelo criador do espaço podem ter acesso ao seu conteúdo.

O convite é feito por meio de um link gerado e enviado diretamente ao usuário, que se cadastra no aplicativo usando seu número de telefone. Além disso, informações como nome completo e foto de perfil (esta última opcional) também são solicitadas pelo chat, que preza pela identidade real de seus usuários.

Voltada tanto para comunidades independentes, quanto para o público de criadores e marcas, o Geneva reúne em seus chats usuários de uma mesma bolha, que utilizam o espaço para interagir sobre algum assunto em comum.

Se no caso de marcas e criadores isso quer dizer assuntos relacionados aos produtos ou pessoas em questão, em outros espaços as discussões podem se centrar em qualquer tipo de tema (como o BBB 21, no caso de Leifert) e utilizar as ferramentas disponíveis para se desdobrar em tópicos relacionados.

Cada Sala do Geneva possui diferentes funcionalidades (Imagem: Divulgação / Geneva)
Cada Sala do Geneva possui diferentes funcionalidades (Imagem: Divulgação / Geneva)
Foto: Tecnoblog

Casas e Salas

Cada chat do Geneva é chamado de Casa, e após seu cadastro no aplicativo, você pode criar a sua própria Casa (convidando posteriormente outros usuários) ou entrar em uma Casa já criada e para a qual recebeu o link do convite.

Cada Casa se divide em espaços chamados Salas, que possuem diferentes funcionalidades. Algumas delas já são padrão do Geneva, como a Sala Principal, onde aparecem os novos usuários da Casa; a Sala de Texto, onde é possível publicar, responder comentários e até abrir votações; a Sala de Áudio e a Sala de Vídeo, em que os usuários conversam respectivamente por voz e vídeo-chamada; e a Sala Random e Share, onde é possível falar sobre assuntos fora do tema central e compartilhar links.

Além disso, o criador da Casa pode criar suas próprias Salas, dividindo o espaço da maneira como desejar e facilitando o contato entre a comunidade.

Você pode participar de uma Casa do Geneva, mas também criar o seu próprio espaço (Imagem: Reprodução)
Você pode participar de uma Casa do Geneva, mas também criar o seu próprio espaço (Imagem: Reprodução)
Foto: Tecnoblog

Outras funções

Além de poder criar quantos Casas quiser (variando assuntos e usuários), o criador pode estabelecer regras e até uma mensagem de boas-vindas para cada uma delas. Em Configurações, ele pode gerenciar as funções atribuídas aos integrantes da comunidade, permitindo ou não que eles convidem outros usuários, criem salas secretas e até mesmo aprovem ou rejeitem novos membros.

Essas configurações podem ser mudadas a qualquer momento e além das funções padrões, é possível ainda adicionar funções manualmente para os usuários.

O aplicativo está disponível tanto na versão web quanto mobile (Imagem: Divulgação / Geneva)
O aplicativo está disponível tanto na versão web quanto mobile (Imagem: Divulgação / Geneva)
Foto: Tecnoblog

Uma comunidade-bolha

Apontada por Leifert como uma alternativa ao Twitter (chamada por ele de "rede do passarinho"), além de sua estrutura, o chat Geneva tem uma diferença bastante óbvia de outras redes sociais: o de permitir que as interações aconteçam apenas entre pessoas convidadas e aprovadas pelo criador da Casa. 

Enquanto redes como o Twitter permitem por padrão que qualquer usuário da plataforma responda uma mensagem postada, ampliando as discussões para outros pontos de vista além das pessoas próximas, o Geneva restringe essa interação. Algo que, obviamente, não exclui a possibilidade de debates ou críticas ao tema, mas torna a comunidade mais fechada, perdendo opiniões que poderiam contribuir para o assunto.

Se por um lado essa restrição facilita o engajamento e a união dentro do espaço - se tornando uma alternativa, inclusive, para quem deseja fugir das discussões das redes sociais e até da exposição de suas opiniões para estranhos - como local de troca, o aplicativo perde em experiências e ideias diversas.

Para quem se interessou pelo Geneva, o app está disponível para web, iOS e Android

Com informações: Geneva Chat

O que é o chat Geneva? [comunidade é uma bolha assumida]

Veja também:

Como a Tesla fez de Musk a 2ª pessoa mais rica do mundo
Tecnoblog
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade