PUBLICIDADE

O que é memória ROM?

Saiba o que é memória ROM e porque esse componente é importante para computadores, celulares e outros dispositivos eletrônicos

11 out 2021 16h29
ver comentários
Publicidade

Os computadores e outros dispositivos costumam ter alguns componentes de armazenamento de dados. Um deles é a memória ROM, essencial em qualquer máquina, já que guarda o firmware e softwares importantes para a inicialização ou funções básicas. Abaixo, vou te explicar o que é memória ROM.

Todo dispositivo eletrônico traz uma memória ROM
Todo dispositivo eletrônico traz uma memória ROM
Foto: Vitor Pádua/Tecnoblog / Tecnoblog

A memória ROM, sigla no inglês para "memória somente de leitura", é um tipo de memória que, como o próprio nome sugere, permite apenas a leitura de dados e não a escrita. Isso porque suas informações são gravadas pelo fabricante uma única vez e não podem ser alteradas ou apagadas, somente acessadas, sendo classificadas como memória não volátil.

Ao contrário da memória RAM, que perde dados quando a energia é removida, a memória ROM consegue armazenar firmwares ou pequenos softwares que funcionam apenas em um hardware específico.

Memória ROM Intel 4001
Memória ROM Intel 4001
Foto: Divulgação/Computer Museum / Tecnoblog

A BIOS do computador, por exemplo, é uma memória ROM, pois ela fica responsável por carregar as configurações básicas antes de inicializar o sistema operacional, verificando todos os componentes para só então iniciar o HD/SDD que "acordará" o computador.

Em outras palavras, essa memória é pré-programada para se adequar ao hardware, sendo frequentemente usada para controlar funções essenciais para a utilidade do dispositivo e que, geralmente, não precisam de modificação ou personalização.

Usos da memória ROM

EPROM ST M27C4002
EPROM ST M27C4002
Foto: Javier Pérez Montes/Wikimedia Commons / Tecnoblog

Além da BIOS do computador, a memória ROM pode ser encontrada em praticamente todo e qualquer dispositivo eletrônico. Satélites, impressoras, celulares, notebooks e tablets, por exemplo, têm uma ROM embarcada para realizarem tarefas básicas.

Eletrodomésticos com funções digitais, como um micro-ondas ou uma máquina de lavar, também trazem esse tipo de memória para que seja possível executar seus principais comandos. Normalmente, o sistema operacional desses aparelhos é chamado de firmware — "firm" transmite a ideia de fixo/inalterável.

Tipos de memória ROM

  • Mask-ROM: primeiras ROMs a serem desenvolvidas. Elas são impressas em um chip e não podem sofrer qualquer tipo de alteração;
  • PROM: uma evolução da Mask que pode ser alterada apenas uma vez através de modificações feitas diretamente no silício do chip;
  • EPROM: primeiro tipo de ROM que pode ser reescrita expondo o chip à luz ultravioleta por um determinado tempo;
  • EEPROM: a mais utilizada pela indústria e que está presente em vários dispositivos, como consoles e celulares. Seu princípio é de permitir que as informações sejam alteradas, como na EPROM, mas dispensando o uso da luz ultravioleta, já que a reescrita é feita com eletricidade. Dessa forma, o firmware de um dispositivo pode ser atualizado sem precisar remover o chip ROM.

Pronto, agora você já sabe o que é memória ROM.

O que é memória ROM?

Tecnoblog
Publicidade
Publicidade