0

Nubank anuncia fundo de R$ 20 mi e parcerias de serviços para clientes

Hospital Sírio-Libanês, iFood, Rappi e Zee.Dog são algumas das parceiras no projeto "Pessoas Primeiro", que oferece serviços aos clientes da fintech

24 mar 2020
13h59
  • separator
  • 0
  • comentários

A fintech brasileira Nubank anunciou nesta terça-feira, 24, a criação de um fundo de R$ 20 milhões para ajudar seus clientes durante a pandemia de coronavírus. O fundo é composto por reduções de custos da startup e por marketing. O Hospital Sírio-Libanês, iFood, Rappi e Zee.Dog fecharam parcerias com o banco para oferecer serviços de apoio.

Os recursos do fundo levantado pelo Nubank, intitulado "Pessoas Primeiro", vão ser destinados para serviços como atendimento médico e psicológico a distância (via teleatendimento), pedidos de supermercados, farmácias e outros serviços de entrega.

Os clientes do Nubank poderão ter acesso aos benefícios subsidiados pelo banco. O Hospital Sírio-Libanês, por exemplo, disponibilizou gratuitamente mil atendimentos em sua plataforma de teleorientação médica para os clientes da fintech. A empresa de acessórios para pets Zee.Dog vai oferecer 20% de desconto na Zee.Now, sua loja de produtos, aos clientes do Nubank em sua primeira compra.

Os contatos poderão ser feitos por telefone, chat ou email, onde o Nubank vai analisar as situações de forma individual para encaminhar aos serviços. O banco também se comprometeu a continuar buscando parcerias para adicionar serviços ao projeto.

"Vamos além do dinheiro. Doaremos o que temos de mais precioso: nosso tempo e energia para ouvir as pessoas e ajudá-las dentro do que for possível, para além da vida financeira. Esse é o nosso DNA", afirma David Vélez, presidente executivo e fundador do Nubank. "A nossa expectativa é dar suporte a dezenas de milhares de pessoas até o final de abril".

Veja também:

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade