0

Novos ataques cibernéticos afetam aeroporto e metrô da Ucrânia

24 out 2017
13h29
atualizado às 13h50
  • separator
  • comentários

Ataques cibernéticos atingiram o aeroporto ucraniano de Odessa e o sistema de metrô em Kiev nesta terça-feira, com a Equipe de Resposta de Emergência Informática (Cert, na sigla em inglês) informando que uma nova onda de hackers estava atingindo o país e alertando as redes de transporte sobre os riscos.

Pessoa encapuzada diante de projeção de códigos cibernéticos
13/05/2017 REUTERS/Kacper Pempel/Illustration
Pessoa encapuzada diante de projeção de códigos cibernéticos 13/05/2017 REUTERS/Kacper Pempel/Illustration
Foto: Reuters

A Ucrânia foi a principal vítima de um grande ataque cibernético no início deste ano, e o governo advertiu em 13 de outubro que outra onda poderia estar chegando.

"Pedimos aos proprietários de sistemas de telecomunicações, outros recursos de informação, principalmente de infraestrutura de transporte, bem como usuários comuns de Internet, para seguir os requisitos de segurança mais rígidos", afirmou a Cert em comunicado.

A polícia cibernética e o ministério da Infraestrutura disseram que os ataques desta terça-feira não pareciam constituir ser em massa. O Banco Central afirmou que o sistema bancário estava funcionando normalmente.

O aeroporto de Odessa disse que intensificou as medidas de segurança, enquanto o metrô de Kiev reportou um ataque ao seu sistema de pagamento.

"Nós relatamos que o sistema de TI do aeroporto internacional de Odessa foi atingido por um ataque de hackers. Todos os serviços do aeroporto estão trabalhando em um modo mais rígido", disse o aeroporto em comunicado.

A Ucrânia, que acredita que a Rússia está por trás de ataques regulares em seus sistemas informáticos, está tentando implementar uma estratégia nacional para manter as instituições estatais e as empresas estratégicas seguras.

Moscou nega que esteja por trás dos ataques cibernéticos ao país vizinho.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade