PUBLICIDADE

Netflix cresce devagar, mas está otimista: "atingimos vários marcos"

Ações da Netflix caíram 19% fora do horário comercial, após anúncio de resultados para o quarto trimestre de 2021

20 jan 2022 22h05
ver comentários
Publicidade

A Netflix divulgou seu balanço financeiro para o quarto trimestre de 2021 nesta quinta-feira (20). Apesar do tom otimista do comunicado a investidores, a empresa não atingiu sua própria expectativa de novos assinantes, que era de 8,5 milhões. Afetada pela gradual consolidação da concorrência, a Netflix se diz "otimista sobre as previsões de crescimento a longo prazo". Após o anúncio do relatório, as ações da companhia caíram 19%.

Aplicativo da Netflix
Aplicativo da Netflix
Foto: Napoleon Schwan/Pixabay / Tecnoblog

Netflix registrou 8,3 milhões de novos usuários no Q4

De acordo com a Netflix, a adição de assinantes no último tri foi de 8,3 milhões, um crescimento de 9% em relação a 2020. No terceiro trimestre de 2021, a empresa chegou a estimar que fecharia o ano com a chegada de mais 8,5 milhões de usuários — totalizando 222 milhões no total. A soma chegou muito perto, mas não bateu as expectativas: ao todo, são 221,84 milhões de contas que pagam a plataforma globalmente.

Já a receita da Netflix no período foi de US$ 7,71 bilhões — número que casa com as projeções de analistas — trata-se de um aumento de 16%. O lucro líquido ficou em US$ 607 milhões. Vale lembrar que a Netflix colocou em prática os preços mais altos em mercados importantes, como os EUA e Canadá, na última semana.

Tom otimista, previsões nem tanto...

Na carta aos investidores, a Netflix comemora marcos de 2021:

"Tivemos o maior programa de TV do ano (Round 6), nossos dois maiores lançamentos de filmes de todos os tempos (Alerta Vermelho e Não Olhe para Cima) e a Netflix foi a que mais ganhou Emmys, a rede de televisão que mais recebeu indicações, e o estúdio de cinema mais premiado e indicado ao Oscar em 2021."

Ainda assim, a previsão para o primeiro trimestre de 2022 deixou muitos investidores apreensivos. A Netflix faz a estimativa de apenas 2,5 milhões de novos assinantes, um resultado que seria quase 40% inferior às adições feitas no mesmo período de 2021.

Netflix enfrenta forte concorrência

O fator concorrência foi citado pela companhia no balanço financeiro. Com o fortalecimento de outros serviços de streaming, como o Disney+, Paramount+, HBO Max e Amazon Prime Video, a gigante encontra maior dificuldade para conseguir novos assinantes, especialmente agora com aumento de preços e prejuízos para economia com a continuação da pandemia de COVID-19.

"Mesmo em um mundo de incerteza e aumento da concorrência, estamos otimistas sobre nossas perspectivas de crescimento a longo prazo, streaming suplanta o entretenimento linear em todo o mundo."

Apesar desse cenário, a Netflix vê segurança em seu conteúdo original para se manter na liderança. Os lançamentos do primeiro trimestre de 2022, porém, são mais modestos — com estreias maiores previstas apenas para março.

O Tecnoblog já soltou a lista com as lançamentos da Netflix para fevereiro, caso você esteja se perguntando o que vem pela frente.

Com informações: Netflix e WSJ

Netflix cresce devagar, mas está otimista: "atingimos vários marcos"

Tecnoblog
Publicidade
Publicidade