PUBLICIDADE

Mudanças executivas no Twitter vão criar empresa "mais forte", diz presidente

13 mai 2022 16h56
| atualizado às 18h50
ver comentários
Publicidade

O presidente-executivo do Twitter, Parag Agrawal, disse nesta sexta-feira que anunciou mudanças na liderança da empresa e um congelamento de contratações para "criar um Twitter mais forte", após a empresa ter feito acordo para ser comprada pelo bilionário, Elon Musk.

Logotipo do Twitter nos escritórios da empresa em San Francisco, Califórnia
11/01/2021
REUTERS/Stephen Lam//File Photo
Logotipo do Twitter nos escritórios da empresa em San Francisco, Califórnia 11/01/2021 REUTERS/Stephen Lam//File Photo
Foto: Reuters

"Alguns têm perguntado porque um presidente-executivo fracassado faria essas mudanças se estamos sendo comprados", escreveu Agrawal em uma série de tuítes. "Apesar de acreditar que o acordo (para a venda da empresa) será concluído, precisamos estar preparados para todos os cenários."

Mais cedo, Musk anunciou uma suspensão temporária no negócio de 44 bilhões de dólares, enquanto aguarda dados sobre a proporção de contas falsas na rede social. O anúncio derrubou as ações do Twitter, que exibiam baixa de 9,5% às 16h46 (horário de Brasília). Musk terá que pagar uma taxa de rescisão de 1 bilhão de dólares se desistir do acordo.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Publicidade
Publicidade