PUBLICIDADE

Moto G62 com bateria de 4.700 mAh é homologado pela Anatel

Futuro celular da Motorola com ficha técnica intermediária é certificado pela Anatel; Moto G62 já pode ser vendido no Brasil

23 mai 2022 11h38
ver comentários
Publicidade

Anatel liberou o seu selo de aprovação para mais um celular intermediário da Motorola. A Agência Nacional de Telecomunicações homologou o esperado Moto G62, que tende a chegar às lojas com suporte ao 5G. Ainda de acordo com a documentação da entidade brasileira, a bateria do smartphone de 4.700 mAh.

Moto G62 tende a ser um dos sucessores do Moto G60 (foto) (
Moto G62 tende a ser um dos sucessores do Moto G60 (foto) (
Foto: Tecnoblog / Tecnoblog

A certificação foi destinada ao celular Motorola identificado pelo modelo XT2233-2. O código é similar ao encontrado no documento de uma agência equivalente à Anatel da Tailândia, que menciona o nome comercial Moto G62, segundo o MySmartPrice. A lista de dispositivos do país asiático também fala sobre o suporte ao 5G.

Outros detalhes foram especificados nos arquivos da Anatel acessados pelo Tecnoblog. Segundo o certificado de conformidade técnica, o smartphone possui duas unidades fabris, sendo uma em Jaguariúna (SP) e outra na China. O documento ainda diz que o telefone será fornecido com o fone de ouvido e o carregador. 

O documento dá mais pistas. É o caso da presença da bateria ND50: segundo a Anatel, a peça oferece capacidade nominal de 4.700 mAh. A mesma especificação é encontrada nos documentos da FCC, a agência equivalente à Anatel dos Estados Unidos, conforme informado pelo MySmartPrice

Certificado de homologação do Moto G62 na Anatel
Certificado de homologação do Moto G62 na Anatel
Foto: Reprodução/Tecnoblog / Tecnoblog

Moto G62 terá suporte às redes 5G

Em relação à conectividade, o celular terá suporte ao 5G. Os arquivos da Anatel acessados pelo Tecnoblog ainda falam sobre a presença do Bluetooth, Wi-Fi 802.11 b/g/n/ac e NFC. Apesar disso, não há previsão de data e preço de lançamento do Moto G62 no Brasil.

Ainda não há muitos detalhes revelados sobre o smartphone. Todavia, espera-se que o celular tenha ficha técnica intermediária, possivelmente com tela de 90 Hz ou 120 Hz. Outra aposta fica pela presença do Android 12 de fábrica, a versão mais recente do sistema operacional do Google.

Colaborou: Everton Favretto

Moto G62 com bateria de 4.700 mAh é homologado pela Anatel

Tecnoblog
Publicidade
Publicidade