0

Microsoft vai montar centro de computação em nuvem na Grécia

5 out 2020
15h20
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A Microsoft deve construir uma central de processamento de dados na Grécia ao investir em infraestrutura de serviços de computação em nuvem no país enfraquecido por uma crise de dívida de uma década e a pandemia do coronavírus.

REUTERS/Costas Baltas
REUTERS/Costas Baltas
Foto: Reuters

O tamanho do investimento não foi divulgado, mas o porta-voz do governo Stelios Petsas disse que envolverá uma nova infraestrutura a um custo de 500 milhões de euros e gastos anuais de 50 milhões de euros nos próximos anos.

"Haverá benefícios para a Grécia devido ao nosso compromisso com o treinamento de milhares de pessoas", disse o presidente da Microsoft, Brad Smith.

Posteriormente, ele tuitou que o investimento será o maior da Microsoft na Grécia em seus 28 anos de atuação no país. "Isso reflete nosso otimismo em relação ao futuro e à recuperação econômica da Grécia", disse ele.

O primeiro-ministro grego, Kyriakos Mitsotakis, disse que o data center traria benefícios financeiros de longo prazo de 1 bilhão de euros para a Grécia.

"A Grécia se tornará um centro mundial para a computação em nuvem", disse Mitsotakis, acrescentando que o centro de última geração também atualizará o país como destino de investimento.

Ele disse que o projeto incluirá um programa de treinamento em habilidades digitais para cerca de 100 mil pessoas.

Veja também:

Como a Tesla fez de Musk a 2ª pessoa mais rica do mundo
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade