1 evento ao vivo

Microsoft ressuscita Nokia em novo celular de baixo custo

O novo aparelho vem na opção com um e dois chips de operadoras e custará US$ 29

5 jan 2015
12h27
atualizado às 12h38
  • separator
  • comentários

Após muita polêmica com o fim da marca Nokia em celulares como Lumia e Asha, a Microsoft confirmou nesta segunda-feira o lançamento de um novo modelo de entrada para mercados emergentes, o Nokia 215, que traz de volta a lendária marca finlandesa de celulares..

Celular de entrada, o Nokia 215 não possui sistema operacional Android ou Windows Phone, mas o Series 30+ similar ao antigo Symbian da Nokia
Celular de entrada, o Nokia 215 não possui sistema operacional Android ou Windows Phone, mas o Series 30+ similar ao antigo Symbian da Nokia
Foto: Microsoft / Divulgação

O novo aparelho vem nas opções com um e dois chips de operadoras e custará US$ 29. Como celular de entrada ele é básico, não possui sistema operacional e funciona apenas em redes de telefonia 2G, ideal para o público-alvo da companhia.

Ele não possui sistema operacional Android ou Windows Phone, mas o Series 30+ similar ao antigo Symbian da Nokia. A tela do aparelho é de 2.4 polegadas, com uma única câmera de 0.3 megapixels, e memória RAM de 8 MB, além de entrada de disco SD para até 32 GB de espaço para arquivo.

O Nokia 215 também possui rádio FM e capacidade de ouvir música em formato de áudio MP3. Sua bateria de 1.100 mAh dura até 29 dias no modo stand-by, 20 horas no modo de conversação e 50 horas para ouvir música.

Embora seja básico, a ideia da Microsoft é para que ele seja utilizado por pessoas em países emergentes para acessar à internet com mais facilidade.

Para o acesso à rede mundial de computadores aplicativos como Twitter, Facebook, Messenger, Bing Search e o navegadir Opera Mini já estão instalados no celular.

De acordo com a companhia americana, o Nokia 215 e o Nokia 215 Dual Sim (com dois chips de operadora) estarão disponíveis em mercados selecionados no primeiro semestre de 2015, sendo disponibilizados primeiro para o Oriente Médio, Ásia e Europa.

Do “tijolão” ao smartphone: veja 40 anos de evolução Do “tijolão” ao smartphone: veja 40 anos de evolução

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade