0

Lenovo comprará nesta semana divisão da IBM por US$ 2,1 bi

Na transação, cerca de US$ 1,8 bilhão será pago em dinheiro e o restante em ações

29 set 2014
08h47
atualizado às 14h39
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
<p>O presidente-executivo da Lenovo, Yang Yuanqing, disse que o acordo com a IBM abre um novo "motor de crescimento" para a companhia</p>
O presidente-executivo da Lenovo, Yang Yuanqing, disse que o acordo com a IBM abre um novo "motor de crescimento" para a companhia
Foto: Bobby Yip / Reuters

A Lenovo vai concluir a compra da divisão de servidores da IBM em 1º de outubro por US$ 2,1 bilhões (aproximadamente R$ 5,1 bilhões), o que dará à companhia chinesa de tecnologia poder de fogo para ganhar clientes de rivais americanas.

O preço de compra para o fechamento da aquisição é menor que os US$ 2,3 bilhões anunciados em janeiro devido a uma mudanças contábeis, disse a Lenovo. 

Cerca de US$ 1,8 bilhão será pago em dinheiro e o restante em ações. A compra é a mais recente dos chineses desde que a companhia superou a Hewlett-Packard como a maior fabricante de computadores pessoais do mundo no ano passado. 

Em entrevista, o presidente-executivo da Lenovo, Yang Yuanqing, disse que o acordo com a IBM abre um novo "motor de crescimento" para a companhia. Ele disse esperar que a unidade x86 gere 5 bilhões de dólares em seu primeiro ano e entregue margens maiores que os 4 por cento do negócios de PCs da Lenovo.

"No espaço de empresas médias e grandes podemos agora aproveitar completamente a tecnologia da IBM para competir com marcas como a HP e a Dell", disse Yang em entrevista telefônica. "Podemos combinar essa boa tecnologia com as operações eficientes da Lenovo."

A empresa chinesa buscar se diversificar para além de um mercado de PCs em firme contração. No começo deste ano, a Lenovo anunciou também que pagaria US$ 2,9 bilhões pela unidade de celulares inteligentes do Google, a Motorola.

Nos últimos anos, a IBM tem passado por uma mudança estratégia para longe de hardware, se concentrando em vez disso em produtos de nuvem e "big data", que apresentam margens maiores.

Saiba quem são os bilionários da tecnologia Saiba quem são os bilionários da tecnologia

Curso de investimento na Bolsa de Valores Curso de investimento na Bolsa de Valores
Quer começar a investir na Bolsa? Aprenda sobre ações, pregão eletrônico e como realizar os investimentos. Curso certificado pelo MEC, inscreva-se e comece já!

Veja também:

Veja como funciona a Bixby, assistente de voz da Samsung
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade