PUBLICIDADE

Leilão da Receita Federal tem iPhone a partir de R$ 450, MacBooks e mais

Leilão de mercadorias apreendidas em Viracopos, Campinas (SP), traz celulares Android da Xiaomi, Motorola, OnePlus e Realme

22 abr 2021
16h29 atualizado às 17h41
0comentários
16h29 atualizado às 17h41
Publicidade

A Receita Federal está realizando um leilão de mercadorias apreendidas ou abandonadas no Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP). Entre os 179 lotes, há diversos eletrônicos, incluindo celulares Android da Xiaomi, Motorola, OnePlus e Realme; além de produtos da Apple como MacBooks e iPhones.

iPhone SE 2020 e OnePlus 8 Pro
iPhone SE 2020 e OnePlus 8 Pro
Foto: Divulgação / RFB / Tecnoblog

iPhones a partir de R$ 450

Um dos lotes inclui o iPhone SE 2020 e o iPhone 6s com lance mínimo de R$ 450. Enquanto isso, um iPhone X usado e um iPhone XR estão sendo oferecidos a partir de R$ 600. Curiosamente, outro lote com duas unidades do iPhone 7 não sairá por menos de R$ 650.

Eu fiquei impressionado com a quantidade de celulares OnePlus e Realme; normalmente, essas marcas não costumam dar as caras em leilões, enquanto a Xiaomi marca presença. Pode ser um indício de que os brasileiros estão de olho em importar aparelhos da concorrência. A Realme, inclusive, tem presença oficial por aqui desde o ano passado.

Um lote com o Realme X2, OnePlus 8 Pro e três fones de ouvido sai a partir de R$ 650. Há também um kit com seis celulares - Moto G7 Power, Redmi Note 9, Realme X2, OnePlus 8 (2 unidades) e OnePlus 8 Pro - cujo lance inicial é de R$ 1.700.

O Tecnoblog reúne abaixo os principais lotes da Receita com eletrônicos:

Lote Produto(s) Lance inicial
15 Realme X2 Pro
monitor Acer EI431CR de 43 polegadas
mais itens diversos
R$ 1.400
17 Moto G7 Power
Redmi Note 9
Realme X2
OnePlus 8 (2 unidades)
OnePlus 8 Pro
R$ 1.700
21 MacBook Pro A1990
gravador a laser Laserpecker L1 Pro
R$ 2.400
31 iPhone SE 2020
OnePlus 8 Pro
R$ 1.000
38 iPhone X usado
iPhone XR
R$ 600
58 câmera Sony RX10 com acessórios R$ 1.200
70 Dell Inspiron 13 7000 R$ 570
83 iPhone 7 (2 unidades) R$ 650
124 Realme X2
OnePlus 8 Pro
headset Intopic JAZZ-379
fone sem fio da Haylou (2 unidades)
R$ 650
126 iPhone SE 2020
iPhone 6s
R$ 450
128 MacBook Pro de 16 polegadas
HP ProBook com Core i5
R$ 4.000
144 MacBook Air A1932
AirPods Pro (2 unidades)
iPhone 7 Plus (3 unidades)
R$ 1.600
151 MacBook Pro A1398
Apple Watch Series 3 42 mm
R$ 1.400
170 MacBook Pro A1398 usado R$ 1.300

Regras no Leilão da Receita Federal

OnePlus 8 Pro, Realme X2 e fones de ouvido
OnePlus 8 Pro, Realme X2 e fones de ouvido
Foto: Divulgação / RFB / Tecnoblog

A maioria dos lotes está aberta para pessoa física: não é necessário ter um CNPJ para participar do leilão, mas é obrigatório utilizar um certificado digital para acesso ao e-CAC (Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte).

Como ainda estamos no meio de uma pandemia, a Receita permitirá que os interessados façam a verificação online das mercadorias, através de chamada de vídeo pelo WhatsApp. No entanto, quem arrematar os lotes terá que ir até Viracopos para fazer a retirada; não há serviço de entrega.

Também é necessário fazer o recolhimento do ICMS, seja via GARE ICMS (se a pessoa estiver em SP) ou GNRE (se estiver em outro estado). Não há incidência de tributos federais.

MacBook Pro de 16 polegadas e HP ProBook
MacBook Pro de 16 polegadas e HP ProBook
Foto: Divulgação / RFB / Tecnoblog

No edital do leilão, a Receita avisa que bens arrematados por pessoas físicas só podem ser destinados a uso ou consumo; enquanto isso, pessoas jurídicas têm autorização para revendê-los. Além disso, o arrematante deve cumprir eventuais exigências da Anatel se levar produtos de telecomunicação.

Este leilão vai receber propostas até o dia 29 de abril de 2021; confira mais detalhes no site oficial.

Entre janeiro e novembro de 2020, a Receita arrecadou R$ 315 milhões em leilões de mercadorias apreendidas. Desse valor, 40% são destinados à Previdência Social, e os outros 60% vão para o Fundaf (Fundo de Desenvolvimento de Atividades Fiscais).

Celulares da Motorola, Redmi, Realme e OnePlus
Celulares da Motorola, Redmi, Realme e OnePlus
Foto: Divulgação / RFB / Tecnoblog

Leilão da Receita Federal tem iPhone a partir de R$ 450, MacBooks e mais

Tecnoblog
Publicidade
Publicidade