2 eventos ao vivo

Twitter: sistema de verificação de conta só funciona em 2 operadoras

Novo sistema de segurança implementado pelo Twitter só funciona para clientes da TIM e da Nextel no País

23 mai 2013
14h59
atualizado às 15h01
  • separator
  • 0
  • comentários

O novo sistema de verficação de login anunciado pelo Twitter na quarta-feira só funciona no Brasil para usuários de duas operadoras. Somente clientes da TIM e da Nextel podem usar o recurso, que verifica em dois passos o login enviando um código para o celular do usuário da rede de microblogs. Segundo o Twitter, somente estas duas operadoras habilitaram o serviço que permite tuitar via SMS.

Com sistema, usuário precisa digitar um código recebido por SMS pelo celular para fazer login na conta
Com sistema, usuário precisa digitar um código recebido por SMS pelo celular para fazer login na conta
Foto: Reprodução

O recurso para melhoras a segurança dos usuários foi anunciada após uma onda de ataques a contas de meios de comunicação de destaque, incluindo a Associated Press e o Financial Times. O site de microblog, que transmite cerca de 400 milhões de mensagens por dia, disse nesta quarta-feira que começou a introduzir uma opção de serviço de "verificação de login" para impedir hackers que procuram invadir contas com senhas roubadas.

Para ativar a ferramenta, o usuário precisa ir até as configurações da sua conta e marcar a opção "Exigir um código de verificação para entrar". Assim, o Twitter enviará um código para o celular do usuário que precisará ser digitado no serviço para acessar a conta. Após ativar a função de segurança, o usuário terá que gerar uma senha temporária para entrar em sua conta do Twitter em outros dispositivos e aplicativos.

Especialistas em segurança receberam bem a mudança, como um passo positivo para assegurar um serviço que é utilizado amplamente por consumidores, políticos, ativistas, publicitários e agências de notícias no mundo para trocar informações rapidamente.

O Twitter ficou sob fogo no ano passado por não oferecer essa opção, conhecida como autenticação de dois fatores, em meio a uma onda de violações de contas de alto perfil. Essa crítica se intensificou em abril, depois de um tuíte falso sobre uma explosão inexistente da Casa Branca, enviado a partir da conta Associated Press e que agitou brevemente os mercados financeiros dos Estados Unidos.

O Twitter anunciou o serviço em um post em seu blog, lembrando aos usuários que eles ainda precisam usar senhas fortes para manter as contas seguras. A abordagem é semelhante a ferramentas de segurança anteriormente introduzidas por outros serviços da Internet de empresas como Facebook, Google e Microsoft.

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade