1 evento ao vivo

Kim Dotcom acusa Google, Facebook e Twitter de violação de propriedade intelectual

Criador do portal Megaupload publicou pelo Twitter que pode processar as empresas

23 mai 2013
14h30
atualizado às 15h20
  • separator
  • 0
  • comentários

Kim Dotcom, 39 anos, criador do portal Megaupload - site de compartilhamento de arquivos - acusa empresas como Google, Facebook e Twitter de violar os seus direitos de propriedade intelectual. Na última quarta-feira, o Twitter anunciou medidas para melhorar a segurança (verificação de login) dos seus usuários. Através do seu Twitter, Kim Dotcom reivindicou o crédito por inventar o recurso.

Dotcom disse que iria permitir que o Google, Facebook e outros usem sua patente de forma gratuita. "Peço ajuda", ele tuitou. "Estamos todos no mesmo DMCA [Digital Millennium Copyright Act] barco. Usem a minha patente de graça. Mas por favor, ajudem a financiar a minha defesa." Ele pede apoio financeiro na luta contra sua extradição para os EUA. Dotcom vive hoje Nova Zelândia.

Ele falou ainda que nunca processou essas empresas por acreditar na liberdade de conhecimento e ideias difundidas pela internet "para o bem da sociedade", mas que está pensando no assunto devido ao que as autoridades dos Estados Unidos fizeram à ele. Dotcom foi preso em janeiro de 2012, acusado de violação de leis sobre direitos autorais. Ele está atualmente em liberdade sob fiança. As informações são dos sites The Guardian e The Verge.

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade