0

Criador do Megaupload mostra imagens do seu novo serviço

7 dez 2012
19h06
atualizado às 19h14

O fundador do Megaupload, Kim Dotcom, divulgou nesta sexta-feira imagens do seu novo serviço de compartilhamento de arquivos. As três telas mostram as páginas de registro, gerenciamento e criptografia do serviço, chamada apenas de Mega e que Dotcom promete colocar no ar em janeiro de 2013, data que marca um ano da prisão do empresário, após uma investigação envolvendo autoridades de vários países.

Kim Dotcom divulgou em sua conta no Twitter imagens do novo serviço Mega, que estreia em janeiro, um ano depois de sua prisão na Nova Zelândia
Kim Dotcom divulgou em sua conta no Twitter imagens do novo serviço Mega, que estreia em janeiro, um ano depois de sua prisão na Nova Zelândia
Foto: Reprodução

Em entrevista à Wired em outubro, Dotcom afirmou que o novo serviço aproveitaria todas as possibilidades da nuvem para evitar o acesso das autoridades aos conteúdos postados.

O funcionamento da nova ferramenta seria simples: ao fazer o upload de um arquivo, ele será criptografado e será decodificado por meio de uma senha que somente o usuário terá acesso. Assim, fica a cargo de quem subiu o arquivo a decisão sobre o compartilhamento ou não dele com outros internautas. Sem acesso a essa senha, o Mega não teria como assumir a responsabilidade pelo conteúdo armazenado pelos seus usuários.

"Se os servidores forem perdidos, se o governo entrar em um data center e violá-lo, se hackear o servidor ou roubá-lo, isso não lhes daria nada", explicou à Wired. "Tudo que for enviado para o site vai continuar fechado e privado sem a senha", disse. Dotcom acredita que mesmo a interpretação da lei que causou o fechamento do Megaupload não será capaz de derrubar o Mega. Para ele, a única forma de parar o serviço seria tornar ilegal a criptografia de dados.

Dotcom foi detido em janeiro em Auckland, na Nova Zelândia, como parte de uma operação internacional contra a pirataria realizada pelos Estados Unidos e que forçou o encerramento das atividades do Megaupload. Além de ser encarado como justiceiro da internet, Dotcom deve virar personagem de um documentário e está lançando seu primeiro álbum de música.

Fonte: Terra
publicidade