0

China: após 23 anos sequestrado, jovem acha família com Google Maps

17 mai 2013
03h25
atualizado às 04h06
  • separator
  • 0
  • comentários

Um jovem chinês sequestrado há 23 anos - quando tinha cinco, para ser vendido a uma família que vivia a milhares de quilômetros de sua cidade natal, conseguiu reencontrar seus pais biológicos graças ao Google Maps, revelou nesta sexta-feira uma emissora local.

Tendo somente confusas memórias de sua infância e a popular ferramenta do Google, Luo Gang, hoje com 28 anos, conseguiu localizar sua família em Sichuan, no centro do país, embora tenha vivido durante todo esse tempo com seus pais adotivos em Fujian, a 1,5 mil quilômetros de onde nasceu.

Luo, que procurava sua família há anos, lembrava que sua cidade natal tinha duas pontes e, a partir desse detalhe, desenhou um mapa do lugar onde viveu ainda pequeno, o qual foi publicado em um site chinês dedicado a reunir famílias cujos filhos foram sequestrados.

A busca permitiu que usuários desse site passassem a sugerir várias opções de lugares, as quais foram verificadas uma a uma pelo jovem no Google Maps.

Quando Luo examinava uma delas, chamada Yaojiaba, suas lembranças vieram à tona e não teve dúvidas de que aquele era o local onde havia nascido. Posteriormente, ele viajou até lá e teve um emotivo reencontro com seus pais e avôs, o qual foi mostrado pelo canal televisivo "Hunan TV".

Milhares de crianças são sequestradas na China por máfias que os vendem a casais que não podem ter filhos ou desejam criar apenas meninos. Em outros casos, os menores são vendidos como escravos em fábricas.

EFE   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade