0

Blogueira cubana Yoani Sánchez será homenageada em Chicago

Em 2008, a blogueira foi considerada uma das 100 pessoas mais influentes do mundo pela revista "Time"

24 abr 2014
14h35
atualizado às 15h17
  • separator
  • comentários

O Conselho de Chicago (EUA) para Assuntos Globais prestará uma homenagem à blogueira cubana Yoani Sánchez por seus esforços em "enfrentar a censura e por promover a liberdade de expressão", informou nesta quinta-feira a organização.

<p>Yoani S&aacute;nchez durante sua passagem pelo Rio de Janeiro em 2013</p>
Yoani Sánchez durante sua passagem pelo Rio de Janeiro em 2013
Foto: Reuters

A entidade, fundada em 1922 como um grupo independente e apartidário comprometido com a educação do público sobre temas globais, realizará no próximo dia 12 de junho a conferência "Cuba sem Censura", que ocorre durante a 13ª edição da cerimônia anual Gus Hart.

O conselho de Chicago homenageia um líder emergente da América Latina a cada ano por sua "contribuição com o avanço da sociedade através de reformas econômicas, políticas e sociais".

Em comunicado, o presidente do conselho, Ivo H. Daalder, disse que o uso das redes sociais e da internet realizado por Yoani representa "uma tendência mundial sobre o papel que a tecnologia pode desempenhar na transformação das sociedades".

A blogueira cubana é autora de "uma crônica sem filtro do cotidiano na ilha comunista" através de seu blog "Geração Y", apontou a organização. "Sánchez escreve sobre suas experiências e as daqueles de sua geração, nascida em Cuba nos anos 1970 e 1980, criada depois da revolução e marcada pelas caricaturas russas, imigração ilegal e frustração", acrescentou Daalder.

O Geração Y é traduzido por voluntários para 17 idiomas ao redor do mundo e, nos Estados Unidos, pode ser lido em inglês na página do The Huffington Post. "A tecnologia tem a habilidade de mobilizar as pessoas, promover a liberdade e a transição em direção a um país mais democrático", declarou em comunicado Yoani, que estará em Chicago entre os dias 9 e 13 de junho.

"Espero compartilhar minhas experiências com os habitantes de Chicago e aprender mais com os organizadores comunitários, jornalistas e empreendedores tecnológicos", acrescentou Yoani.

Em 2008, a blogueira foi considerada uma das 100 pessoas mais influentes do mundo pela revista "Time" e passou a ser reconhecida internacionalmente, enquanto sua atividade foi reconhecida no mundo todo.

EFE   

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade