2 eventos ao vivo

Anonymous declara guerra a fundador do site "mais odiado"

7 dez 2012
17h27
atualizado às 17h36

O empresário que ganhou a vida invadindo a privacidade de outras pessoas se tornou vítima de um ciberataque à sua própria intimidade. Hunter Moore, responsável por dois sites que permitem aos usuários postarem fotos íntimas de seus ex-companheiros, agora é alvo de uma campanha do grupo hacker Anonymous. A "Operation Hunt Hunter" (Operação Caçada a Hunter - palavra que significa "caçador" em inglês) tem como objetivo "derrubar" o fundador das páginas que lhe renderam a alcunha de "mais odiado da internet".

Infográfico: Jogo da memória: conheça hackers famosos e seus feitos

Moore, 26 anos, recebia fotos ou vídeos comprometedores, com nudez de qualquer pessoa, e então os publicava com links para os perfis do Facebook delas. O ataque, anunciado na quinta-feira, atingiu servidores controlados por Moore e sua cadeia de marketing, além de comprometer a estrutura do novo site do empresário, cujo retorno foi prometido para o mês de janeiro. Moore espera lucrar até US$ 60 mil com as fotos de outras pessoas enviadas ao site, tudo projetado com base no apelo do voyeurismo.

"Fizemos backup de todos os seus arquivos na internet para preservar as provas. Ele já restaurou uma versão alternativa de seu site. (...) Continuaremos buscando acesso ao site e vamos derrubá-lo de vez. Esta é uma atualização, um vazamento da provas e dados que, de outra maneira, seriam escondidos do público", afirmou o Anonymous em um comunicado.

O coletivo hacker garante ter evidências de que Moore não verifica se as imagens postadas em seus sites são de maiores de idade, e também alega ter provas de que ele usa drogas e dirige depois de ingerir bebidas alcoólicas. Moore, no entanto, não parece se importar com os efeitos de suas ações sobre outras pessoas. Em entrevista ao australiano Sidney Morning Herald, ele declarou que não se importa se magoar alguém pelo caminho. A outro blog, ele disse que não se importa se alguém cometer suicídio depois de aparecer no site, só vai gerar mais dinheiro para ele.

Fonte: Terra
publicidade