0

De sapatos a ossos, veja o que fazer com uma impressora 3D

É possível criar objetos de decoração, acessórios e até um boneco com a sua cara. Queda de preço estimula a demanda

19 ago 2014
08h01
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
<p>Objetos de decoração, acessórios e brinquedos são alguns exemplos de produtos que uma impressora 3D faz</p>
Objetos de decoração, acessórios e brinquedos são alguns exemplos de produtos que uma impressora 3D faz
Foto: iStock

É comum você ouvir falar sobre as impressoras 3D, embora provavelmente não tenha uma dessas em casa. Os preços altos ainda assustam os consumidores, mas especialistas garantem que isso vai mudar.

Com o surgimento das impressoras de menor porte para o uso doméstico, a aceitação do mercado aumentou, criando uma demanda maior. “O valor já caiu consideravelmente e a tendência é que continue caindo à medida que vai se popularizando”, explica Andréia Cavalli, gerente comercial da Robtec, empresa de impressoras 3D.

Segundo ela, os números de vendas aumentam cerca de 50% ao ano. As pessoas físicas respondem por 70% da procura. “As pessoas buscam ter uma impressora 3D em casa porque gostariam de montar seu próprio negócio, fazer objetos personalizados ou simplesmente querem ter a máquina”, comenta Andréia. Hoje, é possível encontrar o equipamento por valores em torno de R$ 4 mil em lojas de comércio eletrônico.

Saiba como conectar a TV para ver vídeos da web no sofá

Typo anuncia novo teclado para iPhone

Confira como funciona uma impressora 3D, e com que finalidade elas podem ser usadas.

O que é uma impressora 3D?
A impressora 3D é uma máquina que produz objetos. A partir de um arquivo tridimensional, ela vai construir a peça colocando camadas de matéria-prima formando o desenho, ou seja, dando volume à peça.

Matéria-prima
Existem várias matérias-primas para a construção dos objetos. Normalmente, são utilizados suprimentos à base de plástico. Menos comum, o pó de gesso também é adotado por alguns modelos. Já as impressoras industriais costumam trabalhar com metais.

Algumas empresas utilizam garrafas PET recicladas como matéria-prima para a impressão. “A matéria-prima varia de acordo com as características mecânica do produto”, explica Andréia.

Como funciona a impressora 3D?
As impressoras 3D, assim como as impressoras comuns, funcionam a partir de um arquivo. Esses arquivos podem vir de desenhos tridimensionais feitos em software de criação, scanner 3D ou de imagens tridimensionais da internet.

Com os arquivos enviados para a impressora, ela aquece a matéria-prima e começa a desenvolver a peça camada por camada. O tempo de impressão varia de acordo com o tamanho do produto desejado, podendo levar minutos ou até horas.

O que pode ser feito nas impressoras 3D?
Existem inúmeros produtos que uma impressora 3D pode fazer. No uso doméstico já foram criados acessórios diversos, brinquedos, capas de celular, esculturas, objetos de decoração, sapatos, objetos de cozinha etc.

No uso empresarial, algumas empresas criam protótipos de produtos, como moveis planejados, eletrodomésticos, peças automobilísticas, instrumentos musicais, joias e até armas de fogo.  

Na área da saúde, protótipos de crânio e de outros ossos já foram criados para auxiliar em uma operação.

Outra invenção são os bonecos do próprio usuário. A técnica usada na Europa digitaliza a imagem da pessoa e imprime um boneco.

Veja também:

Por que as Big Techs estão na mira do Congresso dos EUA
Fonte: Cross Content
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade