Repressão da China faz criptomoedas despencarem

As criptomoedas despencaram ao longo da semana passada, com uma queda de cerca de US$ 1,3 trilhão em seus preços combinados depois que Pequim intensificou a repressão à mineração e ao comércio de bitcoins, atingindo as moedas digitais em meio a uma maior análise regulatória global. Essa é a primeira vez que o gabinete da China teve como objetivo a mineração de moeda virtual, um negócio que é relevante na segunda maior economia do mundo e que, segundo algumas estimativas, responde por até 70% do suprimento global de criptomoedas.

Equipe portal Equipe portal
Publicidade

Vídeos relacionados

Recomendado para você

Publicidade