TODOS OS VÍDEOS

O que aconteceu para as marcas boicotarem o Facebook

Organizações de direitos civis, como a Associação Nacional para o Progresso de Pessoas de Cor, a Liga Antidifamação e a Color of Change, iniciaram o movimento #StopHateForProfit (#PareOLucroPeloÓdio, em português). As reivindicações da iniciativa cobram maior moderação para discursos de ódio e notícias falsas dentro das redes sociais. A gota d’água foi a grande quantidade de informações erradas e preconceitos atribuídos aos manifestantes antirracistas nos Estados Unidos que passaram impunes em grande parte das mídias sociais. Unilever, Coca-Cola, Starbucks, Ben & Jerry’s são algumas das corporações que irão parar seus anúncios nas redes sociais. O Facebook, de Mark Zuckerberg, foi o mais citado e deve ser o mais atingido.

atualizado em 1/7/2020 às 16h04
Terra Bytes
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade