1 evento ao vivo

Startup de patinetes Bird levanta US$ 75 mi em aporte e compra rival na Europa

O valor total arrecadado na rodada de investimento subiu para US$ 350 milhões; aquisição da startup Circ acontece após demissões na empresa europeia

28 jan 2020
11h17
  • separator
  • 0
  • comentários

A startup norte-americana de patinetes elétricos Bird anunciou nesta segunda-feira, 27, que levantou um adicional de US$ 75 milhões em investimento, elevando o total arrecadado na rodada para US$ 350 milhões. A empresa também confirmou a compra da startup de patinetes Circ, sua rival na Europa - não foi revelado o valor do negócio.

De acordo com o site VentureBeat, cerca de 300 funcionários dos escritórios da Circ na Europa vão se juntar à Bird em seu projeto de ofercer um transporte "simples, sustentável e seguro". O anúncio da aquisição acontece após o site TechCrunch revelar em novembro que a Circ estava demitindo funcionários devido a um processo de "aprendizados operacionais".

As empresas de micromobilidade vivem um período delicado: as startups estão sendo pressionadas a cortar gastos e apresentar lucros. No Brasil não está diferente: na semana passada, a Grow, resultado da fusão entre a mexicana Grin e a brasileira Yellow, reduziu sua operação no País e tirou patinetes de 14 cidades. Na primeira quinzena de janeiro, a americana Lime também anunciou que iria encerrar seus serviços em toda a América Latina, com a justificativa de cortar custos - analistas estimam que a companhia teve prejuízo de US$ 300 milhões no ano passado.

A Bird, fundada em 2017, levantou em outubro US$ 275 milhões, em uma rodada liderada pelo fundo canadense CDPQ e pela Sequoia Capital. A transação avaliou a companhia em US$ 2,5 bilhões antes do investimento. / COM REUTERS

Veja também:

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade