0

SoftBank lidera aporte na startup brasileira Contabilizei

A startup de Curitiba oferece serviços contábeis online para pequenas empresas; valor do investimento não foi revelado

14 jan 2021
06h11
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O grupo japonês SoftBank está novamente colocando dinheiro no ecossistema brasileiro de startups. A aposta da vez é a Contabilizei, focada em serviços contábeis online para pequenas empresas - o valor do investimento, porém, não foi revelado. Com o aporte, o SoftBank engorda seu portfólio no País, que já conta com grandes nomes nacionais como Creditas, QuintoAndar e MadeiraMadeira.

Participaram também da rodada os fundos Kaszek, Point72, Quona e Banco Mundial (IFC). Fundada em 2013 em Curitiba, a startup funciona como um escritório de contabilidade digital - hoje, ela atende 30 mil clientes, que pagam mensalidade a partir de R$ 89 pelo serviço.

"Vemos na Contabilizei um serviço completo que ainda tem muito potencial para crescer e oferecer novas soluções. Há um grande número de autônomos e empreendedores brasileiros que, além de economizar migrando para este novo modelo, precisam de auxílio para se organizar e crescer", diz em comunicado Carlos Medeiros, sócio do SoftBank.

Na nuvem

Até essa nova rodada, a startup havia levantado mais de R$ 100 milhões em investimentos. Com os novos recursos, a Contabilizei espera colocar gasolina em seu tanque para seguir em crescimento acelerado. Durante a pandemia, a startup cresceu 50% em número de funcionários, chegando a 480 pessoas no final de 2020. E o plano é agressivo: chegar até o final deste ano com 700 funcionários.

"Com a pandemia, o cliente viu que não conseguiria ir mais até o contador tradicional", afirma Vitor Torres, fundador da Contabilizei, em entrevista ao Estadão. Ele explica que o principal diferencial da startup em relação a serviços de contabilidade comuns é a otimização de processos que geralmente são feitos manualmente. "Oferecemos também ao cliente a comodidade de visualizar todas as informações necessárias na internet. E, diferentemente de um contador tradicional, que atende só um bairro ou cidade, atendemos o País inteiro online, o que nos torna especialistas no assunto".

Além disso, um dos próximos objetivos é ir além da contabilidade, para assessorar a vida financeira do pequeno empresário como um todo - seja facilitando as contas a pagar e a receber ou auxiliando em tomadas de decisões.

Veja também:

Como a Tesla fez de Musk a 2ª pessoa mais rica do mundo
Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade