0

Para crescer no Brasil, eBay quer estimular lojas a exportar

Plataforma de compra e vendas online quer investir em suas relações com as lojas brasileiras

24 jul 2019
09h00
  • separator
  • 1
  • comentários

O eBay, plataforma de compra e vendas online criada em 1995, tem planos de investir no seu relacionamento com lojas brasileiras. A intenção da varejista digital é encontrar novos vendedores que já tenham estoque e estrutura para exportar e agreguem valor e diversidade de produtos em sua plataforma.

A informação veio do gerente sênior de desenvolvimento de negócios do eBay para América Latina, Xavier Aguirre. Na última quinta-feira (19), o porta-voz do eBay esteve em São Paulo (SP) para palestrar no Fórum E-commerce 2019, e conversou com o Terra sobre os planos da plataforma para o mercado brasileiro.

O gerente sênior de desenvolvimento de negócios do eBay para a América Latina, Xavier Aguirre
O gerente sênior de desenvolvimento de negócios do eBay para a América Latina, Xavier Aguirre
Foto: Divulgação

Terra: Por que o eBay está investindo mais esforços no Brasil?

Xavier Aguirre: Quando focamos na América Latina, a gente sabe que o Brasil é o maior mercado de e-commerce. Do ponto de vista de vendas, nós já tivemos casos de sucesso de alguns vendedores brasileiros em nossa plataforma, e nós queremos replicar essas histórias bem-sucedidas.

Terra: Como replicar esses casos de sucesso?

Aguirre: Nós sabemos que muitas outras lojas brasileiras têm potencial de entrar no eBay e ter sucesso. O segredo está em mostrar para esses comércios que eles podem vender seus produtos para fora do Brasil.

Terra: Quais são os passos do eBay para se aproximar das lojas?

Aguirre: O primeiro passo é contatar os vendedores com maior potencial. Nós temos ferramentas que nos ajudam a detectar essas potenciais lojas. E depois de contatá-los, nós tentamos entender como eles estão performando no mercado local e perceber se eles estão prontos para começar a exportar.

Terra: Para o varejista, quais as vantagens de se vender no eBay?

Aguirre: Cada vendedor é responsável por seu próprio estoque. Então, o que estamos tentando fazer é firmar parcerias para conseguir melhores taxas de envio. Assim, os vendedores têm uma entrega mais rápida com um preço melhor.

Terra: O foco é se aproximar do vendedor antes dos compradores?

Aguirre: Nós temos sempre de olhar para dois lados do negócio. Nós temos conhecimento de que grande parte de nossos vendedores começaram como compradores dentro da plataforma em algum momento.

Terra: E o que tem sido feito para os que compram na plataforma?

Aguirre: Nós tentamos sempre oferecer aos nossos compradores a melhor experiência de compra, sempre agregando valor. E esse valor vem de uma variedade grande de produtos à disposição no nosso site.

Terra: Falando em consumo, existe alguma categoria favorita dos brasileiros no eBay?

Aguirre: Enxergamos um grande crescimento da compra de eletrônicos em nossa plataforma. Esse movimento tem ocorrido há pelo menos dois anos.

Terra: Algum motivo específico para esse crescente interesse em eletrônicos?

Aguirre: Em um primeiro momento, enxergamos o grande interesse na categoria porque os produtos têm boa qualidade. Segundo, porque essa performance se retroalimenta. Se os produtos vendem bem, eles terão maior exposição da plataforma.

Veja também:

Fonte: Equipe portal
  • separator
  • 1
  • comentários
publicidade