PUBLICIDADE

Octa, startup automotiva, recebe aporte de R$ 8 milhões

Empresa faz a intermediação entre empresas com frotas de carros inutilizados (batidos, queimados ou sucateados) com recicladoras e frotistas

7 abr 2022 16h48
ver comentários
Publicidade

A startup brasileira Octa, que atua no segmento de reciclagem da cadeia automotiva, recebeu aporte de R$ 8 milhões por meio da captação liderada pela gestora de investimentos de impacto VOX Capital e outros co-investidores. O valor será utilizado na ampliação da equipe de tecnologia, produtos e comercial e para o lançamento de produtos que vão ajudar a ampliar o conceito de circularidade na plataforma da empresa.

No mês passado a startup já tinha sido selecionada para receber aporte do programa Google for Startups Brasil. Fundada em 2020, um ano depois a Octa foi beneficiada com um aporte anjo de R$ 1 milhão.

A empresa faz a intermediação entre empresas com frotas de carros inutilizados (batidos, queimados ou sucateados), com recicladoras e frotistas que podem reutilizar peças ainda aproveitáveis e reciclar o restante. Desde setembro passado, quando passou a operar integralmente, a Octa intermediou mais de R$ 2 milhões em transações.

A Octa ajuda na intermediação da reciclagem de peças automobilísticas 
A Octa ajuda na intermediação da reciclagem de peças automobilísticas
Foto: Octa / Divulgação / Estadão

Hoje, a startup tem cerca de 100 frotistas e empresas de desmontagem em sua base de clientes e pretende chegar a 500 no final do ano. Arthur Rufino, presidente da Octa, afirma que apenas 10% do total de veículos velhos é destinado corretamente para reciclagem no Brasil, enquanto nos EUA e na Europa esse porcentual supera os 80%.

"A oportunidade é gigante em termos econômicos, mas também arrasta um potencial de redução de roubo de veículos e das emissões de CO2 da cadeia, além de melhorar o acesso à uma manutenção veicular mais econômica, justa e verde", afirma Rufino.

Ele pretende criar um novo mercado no Brasil para desviar o atual consumo de peças em desmanches ilegais para empresas comprometidas com boas práticas, gerando benefícios para a economia, segurança pública e meio ambiente. Nos próximos meses, a Octa vai lançar um marketplace de peças usadas com garantia de qualidade e origem aos frotistas.

Estadão
Publicidade
Publicidade