0

Biometria em serviços financeiros é tendência no Brasil

Pesquisa realizada pela empresa de serviços financeiros Visa traz dados sobre a utilização de autenticação biométrica para pagamentos

9 jan 2020
11h22
atualizado às 11h23
  • separator
  • 0
  • comentários

A autenticação por biometria tem se tornado uma ferramenta aliada dos brasileiros durante suas compras. Uma pesquisa realizada pela empresa de serviços financeiros Visa, divulgada nesta semana, mostra que 69% dos portadores de cartão de crédito no Brasil utilizam soluções de verificação, como impressão digital e reconhecimento facial, com frequência para acessar serviços bancários ou efetuar pagamentos.

Os dados da pesquisa também mostram que os brasileiros estão mais familiarizados com a autenticação biométrica que os americanos. No Brasil, o índice de pessoas com conhecimento sobre esse tipo de tecnologia atingiu  87% dos 500 entrevistados, enquanto que, nos Estados Unidos, chegou apenas a 59% dos ouvidos pelo estudo.

69% dos portadores de cartão de crédito no Brasil utilizam soluções de verificação, como impressão digital e reconhecimento facial, de acordo com pesquisa da Visa
69% dos portadores de cartão de crédito no Brasil utilizam soluções de verificação, como impressão digital e reconhecimento facial, de acordo com pesquisa da Visa
Foto: Unsplash

O vice-presidente de risco da Visa, Edson Ortega, afirma que o avanço do interesse na autenticação biométrica está vinculado à procura do consumidor por mais praticidade na hora de efetuar compras, tanto no comércio eletrônico, quanto no varejo. “As pessoas querem soluções rápidas, convenientes e seguras”, diz. “Qualquer que seja a modalidade de biometria, ela deve ser simples e oferecer uma jornada descomplicada”

A busca do consumidor pela praticidade pode estar vinculado com o número de senhas que o brasileiro possui para acessar seus serviços financeiros. Segundo a pesquisa, apenas 30% dos entrevistados possuem uma senha única para cada conta bancária, enquanto que quase metade (48%) utilizam diversos códigos. “Os consumidores estão dispostos a abandonar as senhas e simplificar os processos de autenticação”, afirma Ortega. “Apoiamos nossos parceiros a pensar e desenvolver soluções de segurança que sejam mais fluidas, atendendo a essas necessidades dos clientes.”

Entre as modalidades de biometria, 95% dos entrevistados veem a impressão digital como o método mais seguro de validação e autenticação. Em segundo lugar, aparece o reconhecimento de íris (90%), seguido pelo reconhecimento facial (86%) e o reconhecimento venal (84%).

Veja também:

 

Fonte: Equipe portal
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade