PUBLICIDADE

Influenciadores no TikTok ensinam a investir em criptomoedas

Criptomoedas atraem jovens investidores e influenciadores no TikTok oferecem cursos para ensinar a entrar nesse mercado

21 mai 2021 20h53
ver comentários
Publicidade

O mercado de criptomoedas e as redes sociais são duas coisas distintas, mas incrivelmente próximas. Enquanto famosos como Elon Musk conseguem impactar preços dos ativos com simples publicações no Twitter, agora o TikTok se tornou um veículo para se aprender sobre investimentos em moedas digitais. Influenciadores vem usando a plataforma para dar os fundamentos básicos dos criptoativos enquanto criam grandes comunidades para se discutir sobre o assunto no Discord.

App do TikTok
App do TikTok
Foto: Antonbe/Pixabay / Tecnoblog

TikTok reúne entusiastas de criptomoedas

O Wall Street Journal entrevistou Joel Davies, um jovem britânico de 23 anos que começou a investir em criptomoedas graças aos ensinamentos de um influenciador do TikTok. Ele contou que encontrou Dennius Liu, também conhecido como VirtualBacon na rede social, e através de seus vídeos e de sua comunidade no Discord o jovem ganhou confiança para realizar sua primeira compra.

Davies aplicou cerca de US$ 3.500 em criptoativos em março de 2020 e transformou seu investimento inicial em um pouco mais de US$ 140 mil em um ano."Quando encontrei o VirtualBacon no TikTok, isso me estimulou mais a aprender e a investir em criptomoedas", disse ele.

Outro influenciador na plataforma de vídeos curtos chegou até mesmo a criar uma criptomoeda. A moeda chamada SCAM ("Simple Cool Automatic Money") começou como uma piada, similar ao dogecoin (DOGE), mas atingiu um valor de mercado de US$ 70 milhões uma hora após seu lançamento. Atualmente, o ativo capitaliza aproximadamente US$ 850.000.

Criptomoedas e TikTok atraem o mesmo público

Um estudo da Autoridade de Conduta Financeira do Reino Unido indica que os investidores "mais novos e autodirigidos" são mais propensos a colocar seu dinheiro em investimentos que apresentam mais riscos, como criptomoedas. De acordo com a pesquisa, eles são atraídos em parte por causa da emoção, da novidade e do prestígio social relacionado aos ativos digitais.

O Pew Research Center realizou outra pesquisa em abril que mostra que 48% dos adultos com menos de 30 anos já usaram o TikTok, o maior percentual entre todas as faixas etárias estudadas. Dessa maneira, usuários da rede social e interessados em criptomoedas convergem em um mesmo público.

Criptomoedas são acessíveis para jovens

O influencer Dennies Liu, ou VirtualBacon, começou sua relação com a criptoeconomia ao minerar dogecoin (DOGE) usando seu computador enquanto ainda estava na universidade em 2014. "Quando comecei a fazer vídeos sobre criptomoedas no TikTok, ninguém os fazia", disse ele. "É um campo de jogo mais arriscado, mas, de uma forma estranha, é mais justo para alguém que é novo, um público mais jovem".

Os vídeos mais populares de Liu são análises momentâneas, geralmente sobre grandes mudanças de preço do bitcoin e do ether. "As pessoas no TikTok geralmente são investidores muito novos, então esse tipo de vídeo tem um bom desempenho", contou ele.

"Não é apenas uma análise, mas também um pouco de garantia para acalmar suas mentes no mercado extremamente volátil." Dessa maneira, o TikTok vem se tornando um dos principais canais para jovens criadores de conteúdo sobre criptomoedas. Os influenciadores já conseguem usar seus seguidores para alimentar outras plataformas, como Patreon, e monetizar seu trabalho.

Com informações: Wall Street Journal

Influenciadores no TikTok ensinam a investir em criptomoedas

Tecnoblog
Publicidade
Publicidade