1 evento ao vivo

Huawei pretende lançar S.O próprio ainda em 2019, diz Richard Yu

O lançamento só será feito caso o bloqueio da Google e Microsoft seja prolongado ...

23 mai 2019
18h59
  • separator
  • comentários

A Huawei pode ter o seu próprio sistema operacional rodando na China até o final deste ano. Em entrevista à CNBC, Richard Yu, CEO da Huawei Consumer Business, falou que se a empresa realmente não tiver mais acesso aos sistemas da Microsoft e Google, a saída será operacionalizar um próprio.

Foto: TecMundo

"Hoje, na Huawei, ainda estamos comprometidos com o Microsoft Windows e o Google Android. Mas se não pudermos usar isso, a Huawei preparará o plano B para usar nosso próprio sistema operacional ", explica o executivo.

Richard Yu enfatizou que o novo sistema operacional, ainda sem nome definido, só será implementado se a empresa for bloqueada permanentemente por Google e Microsoft. "Não queremos fazer isso, mas seremos forçados por causa do governo dos EUA. Eu acho que esse tipo de coisa não será uma má notícia apenas para nós, mas também para as empresas americanas, já que apoiamos os negócios dos EUA ", disse Yu .

A dominância da Huawei na China e o fato de os smartphones lançados nesta região não virem pré-programados com o aplicativo ou serviços do Google, formam um cenário ideal para testar o novo sistema operacional. Uma versão global da plataforma, que ficaria disponível para web e mobile, poderia ser lançada no primeiro semestre de 2020, de acordo com o executivo.

"Não queremos fazer isso, mas não temos outra solução, nenhuma outra escolha", voltou a reforçar Richard.

Desafios

Para concorrer com as gigantes norte-americanas, a Huawei precisará fazer com que seu sistema operacional ofereça uma experiência de usuário que possa ser compatível com o Google e o Android. Assim como funciona hoje com a loja de aplicativos da marca. O App Gallery está instalada na maioria dos smartphones da Huawei, mas o padrão utilizado ainda é a Play Store, do Google.

Sanção

A Huawei está sofrendo sanções dos Estados Unidos. As empresas norte-americanas só podem vender para a gigante chinesa mediante a permissão prévia do governo. Com isso, a Huawei não poderia mais licenciar, por exemplo, o sistema do Android para seus smartphones. 

TecMundo

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade