5 eventos ao vivo

Huawei precisa de 3 a 5 anos para resolver receios da Grã-Bretanha sobre segurança, diz documento

6 fev 2019
13h44
atualizado em 8/2/2019 às 11h10
  • separator
  • 0
  • comentários

O esforço da Huawei para tratar das questões de segurança levantadas em um relatório do governo britânico do ano passado levará de três a cinco anos para produzir resultados, segundo carta da empresa aos legisladores britânicos vista pela Reuters.

Câmera de viligância à frente de logo da Huawei
29/01/2019
REUTERS/Jason Lee/File Photo
Câmera de viligância à frente de logo da Huawei 29/01/2019 REUTERS/Jason Lee/File Photo
Foto: Reuters

A Huawei, maior fornecedora de equipamentos de telecomunicações do mundo, enfrenta intensas críticas do Ocidente, que afirma que os equipamentos da companhia possuem ferramentas que podem ser usadas pela China para espionagem.

Nenhuma evidência foi produzida publicamente e a empresa negou repetidas vezes as alegações. Apesar disso, as acusações levaram vários países ocidentais a restringirem o acesso da Huawei aos seus mercados.

A Huawei já se comprometeu a gastar 2 bilhões de dólares emquestões técnicas e de cadeia de suprimentos, mas em carta a legisladores na semana passada, Ryan Ding, presidente do grupo, disse que levaria até cinco anos para ter resultados.

"Aprimorar nossas capacidades de engenharia de software é como substituir componentes de um trem de alta velocidade em movimento", disse ele em carta ao presidente comitê de tecnologia de ciência do parlamento britânico.

"É um processo complicado e vai demorar ao menos de três a cinco anos para vermos resultados tangíveis. Esperamos que o governo do Reino Unido entenda isso."

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade